MENU

28/10/2022 às 16h04min - Atualizada em 01/11/2022 às 00h05min

Empresas que são referência em diversidade

E-book produzido pela ImpulsoBeta lista 12 cases de sucesso em DEI e suas principais ações

SALA DA NOTÍCIA
Assessoria ImpulsoBeta
Foto: Divulgação/SALA DA NOTÍCIA

São Paulo, outubro de 2022 - Falar em práticas de diversidade, equidade e inclusão pode, na maioria dos casos, ser um desafio sobre qual primeiro passo tomar, como incluir na cultura da sua empresa e como desenvolver esse processo. 

Segundo Renata Moraes, CEO e fundadora da ImpulsoBeta, consultoria de gestão de mudança em diversidade, equidade e inclusão, as empresas estão começando a entender e buscando ajuda. “É importante destacarmos que elas estão enxergando a importância da inclusão de práticas de diversidade e, cada vez mais, vemos as lideranças buscando trilhas, palestras e ações em forma geral. E isso é fundamental, pois as grandes companhias acabam sendo referência para as demais”, afirma Moraes.

Para servir de inspiração na jornada da sua empresa, a ImpulsoBeta preparou um ebook, com 12 cases públicos de sucesso em diversidade. Confira:

#1 Itaú Unibanco - Lançou, em 2020, os Oito Compromissos de Impacto Positivo, que consistem em um conjunto de iniciativas, diretrizes e metas de impacto positivo na sociedade, com focos em pessoas (educação, saúde) e meio ambiente;

#2 Grupo Boticário - Aposta em uma jornada de ampliação da representatividade em todos os níveis internos. Por isso, desde 2019, possui uma área interna de DEI;

#3 Suzano - Possui grupos de afinidade de PcDs, pessoas negras, gerações, mulheres e LGBTI+;

#4 EDP do Brasil - Ganhou tração a partir de 2021, quando a primeira VP mulher passou a ocupar o cargo na área de Pessoas e ESG. Possui metas de diversidade com conclusão já em 2022 e conta com seis grupos de afinidade;

#5 Lojas Renner - Toda a frente de DEI é liderada por um programa interno que conta com um comitê para orientar a estratégia em toda a empresa;

#6 Petrobras - Por meio do plano 2021-2025, a empresa passou a contar com diretrizes de Diversidade e Direitos Humanos, com destaque ao programa de mentoria para lideranças femininas;

#7 - Klabin - Conta com uma política de D&I desde 2018 e busca alcançar grandes metas para 2030. Além disso, tem investido em melhorias estruturais em suas plantas para que estejam mais adequadas para mulheres;

#8 Natura&Co - Atingiu, em 2020, 50% de mulheres na liderança. Em nove anos, quer ter 30% de outros grupos pouco representados em cargos de liderança;

#9 Pepsico - Desde 2017, fala de uma força de trabalho inclusiva, quando assinou o WEPs e aderiu ao movimento HeforShe. Até 2025, quer ter 50% de mulheres em todos os níveis e áreas do Brasil, e 25% de pessoas negras em cargos de liderança;

#10 Unilever - Atingiu 50% de mulheres na liderança global em 2020. No país, trabalha para dobrar o número de pessoas negras em cargos de gerência, 3 vezes mais pessoas negras em cargos de coordenação e 5% de PcDs em seu quadro; 

#11 Magazine Luiza - Em 2020, lançou um programa de trainee exclusivo para pessoas negras, o qual foi repetido em 2021 e 2022. A área de gestão de pessoas passou a ter metas de contratação de pessoas negras, uma política de promoção que incentiva a diversidade e incorporou cotas em programas de capacitação, como o Luiza ;

#12 Bayer - Em quatro anos, expandiu de uma para 50% de mulheres na alta liderança. também possui um programa de trainees exclusivo para pessoas negras.

Para ter acesso ao e-book completo, gratuitamente, acesse aqui

Sobre a ImpulsoBeta

A ImpulsoBeta é uma empresa que presta consultoria de Gestão de Mudança em Diversidade, Equidade e Inclusão (DEI) nas empresas do Brasil e de fora do país. No mercado desde 2015, atendendo clientes como, AES, Vale, GPA e Ifood, a empresa ajuda seus parceiros a promover a integração de grupos minorizados no mercado de trabalho - em um ambiente diverso, equitativo e inclusivo. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »