MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
31/10/2022 às 22h36min - Atualizada em 31/10/2022 às 22h36min

Imperatriz, Globo e Treze reclamam por ficarem fora da pré-Copa do Nordeste

Equipes se mostraram contrárias à decisão que as retirou da disputa do torneio e que colocou Moto Club, Potiguar, e Sousa em seus lugares. O time maranhense promete acionar a Justiça

Pedro Pereira
Wagnner Ayres diz que vai em busca dos direitos do Imperatriz - Foto: Arquivo/O PROGRESSO
 
Pelo menos três clubes saíram muito insatisfeitos da reunião da última terça-feira, na sede da CBF, que definiu os moldes da Copa do Nordeste de 2023. Imperatriz, Globo FC e Treze, que chegaram a figurar entre os 16 participantes da fase preliminar da competição regional, acabaram, de última hora, ficando fora da disputa. O Imperatriz, inclusive, promete acionar a Justiça caso a sua ausência seja confirmada.

Na última terça-feira, a CBF bateu o martelo em relação ao número de participantes, ao formato e ao calendário da 20ª edição da Copa do Nordeste. A competição regional terá início no dia 5 de janeiro, abrindo a temporada do futebol brasileiro, com a sua fase preliminar. E foi justamente a definição dos participantes do pré-Nordestão que causou polêmica, principalmente após as saídas de Globo FC, Imperatriz e Treze para as entradas de Potiguar de Mossoró, Moto Club e Sousa. A CBF ainda não divulgou a tabela oficial da competição, confirmando essas substituições.

A Copa do Nordeste já tem 12 clubes garantidos em sua fase de grupos: os nove campões estaduais e os vices de Bahia, Ceará e Pernambuco, que são as três federações mais bem colocadas no Ranking de Federações da CBF. Para a definição das 16 agremiações da fase preliminar, inicialmente, a CBF decidiu usar a colocação no estadual como primeiro critério e só depois a colocação no Ranking Nacional de Clubes (RNC). Por isso, Globo FC e Treze entraram na lista, já que foram os melhores colocados dos campeonatos Potiguar e Paraibano, respectivamente, excetuando-se os demais clubes do estado que já estavam na disputa regional.

Acontece que, em meio à reunião, a ordem desses critérios foi invertida, e a colocação no RNC passou a ser priorizada com relação à colocação no estadual. Assim, Globo FC e Treze perderam suas vagas para Potiguar de Mossoró e Sousa, respectivamente.

Já a provável substituição do Imperatriz pelo Moto Club como representante maranhense na fase preliminar da Copa do Nordeste se dá por outro motivo: o possível impedimento sobre clubes que estão na 2ª divisão estadual disputarem a competição regional.

Imperatriz ameaça ir à Justiça
A polêmica envolvendo o Imperatriz está em torno de uma possível nova regra criada pela CBF, a partir da qual, supostamente, apenas equipes que disputam a 1ª divisão de seus respectivos estaduais podem participar do torneio. Logo, o Imperatriz pode acabar perdendo a sua vaga para o Moto Club, ambos do Maranhão, já que o primeiro está na Segundona e o segundo joga na elite. O presidente do Imperatriz, Wagner Ayres, contestou a decisão e ameaçou acionar a Justiça caso a saída do clube seja confirmada.

Pode ter certeza que iremos brigar judicialmente para voltarmos à competição. Não existe nenhum regulamento, nem da CBF, nem da própria pré-Copa do Nordeste, nem tampouco da Federação Maranhense que diga que um clube de 2ª divisão não pode competir em competições nacionais ou regionais. Isso está bem claro para nós, e não tenho dúvida do nosso direito”

Vale lembrar que na última edição do pré-Nordestão, o Floresta, um dos representantes do Ceará na competição, disputou o torneio e conquistou a classificação à fase de grupos da Copa do Nordeste ao mesmo tempo em que disputava a 2ª divisão do Campeonato Cearense.

Globo FC não recorrerá
Quem também não ficou nada satisfeito com a provável não participação da fase preliminar do Nordestão foi o Globo FC. De acordo com o presidente de honra do clube, o empresário Marconi Barretto, a Águia de Ceará-Mirim recebeu com surpresa a informação da sua saída e a entrada do Potiguar de Mossoró. No entanto, diferente do Imperatriz, o clube potiguar não deve recorrer da decisão, uma vez que, segundo o dirigente, a alteração ocorreu devido a uma brecha encontrada pela Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol (FNF).

Tivemos uma surpresa. Eles pegaram uma brecha que tinha no regulamento e deram poderes à federação, que teve o poder de indicar o Potiguar. Existe uma brecha a favor deles, existe uma legalidade. Logo, se existe uma legalidade, a gente iria entrar numa briga atoa. Claro que eu queria participar, até pelo lado financeiro, mas não devo ir adiante.

— Marconi Barretto, presidente de honra do Globo FC

Treze culpa rival
O Treze, além de se mostrar confiante na sua inclusão no pré-Nordestão, tinha o anseio de disputar a competição como uma forma de incrementar o seu calendário, que tem apenas o Campeonato Paraibano como competição confirmada. Assim como Globo FC e Imperatriz, o Galo da Borborema constava na tabela inicial divulgada pela CBF, mas, ao fim da reunião, acabou sendo substituído pelo Sousa, uma vez que a entidade deve adotar a participação dos clubes na última edição do estadual como primeiro critério de definição de seus participantes.

O presidente do Galo, Artur Bolinha, se mostrou indignado com a mudança de última hora e alegou que o presidente do Botafogo-PB, Alexandre Cavalcanti, agiu deliberadamente para prejudicar seu clube. No entanto, o mandatário trezeano não deu indícios de que o clube agirá para ser reintegrado à competição.

Foi uma ação que prejudicou muito o Treze. Eu percebi que houve alguma coisa deliberada pelo presidente do Botafogo-PB (Alexandre Cavalcanti) para prejudicar o Treze, o que é lamentável. Eu estou indignado. Mas vida que segue. Vamos tentar superar isso aí.”

— Artur Bolinha, presidente do Treze.

Possível mudança nos confrontos
A CBF ainda não divulgou a tabela definitiva da pré-Copa do Nordeste, mas, caso a posição dos clubes no ranking da entidade seja mantido como o critério para a definição dos jogos, alguns dos embates divulgados na reunião de terça-feira devem passar por alterações. Isso porque Potiguar de Mossoró, Sousa e Moto Club, prováveis novos participantes do torneio, ocupam no Ranking Nacional de Clubes posições inferiores que Imperatriz, Globo FC e Treze. Assim, uma reordenação nos confrontos deverá ser feita.

CONFIRA OS PROVÁVEIS NOVOS CONFRONTOS:

Vitória x Cordino-MA

CSA x Potiguar-RN

Confiança x Sousa

Santa Cruz x Caucaia-CE

Botafogo-PB x Retrô-PE

Ferroviário x ASA

América-RN x Moto Club-MA

Jacuipense x Altos-PI

Uma das mudanças da Copa do Nordeste para 2023 é a redução de quatro para duas datas em sua fase preliminar e, consequentemente, a diminuição na quantidade de clubes dessa fase: de 24 para 16. Com isso, serão apenas duas fases eliminatórias, ambas em jogo único, na casa do time melhor ranqueado na CBF. As partidas acontecerão nos dias 5 e 8 de Janeiro. O sorteio dos grupos acontecerá no dia 10 de novembro.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90