MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
31/10/2022 às 18h43min - Atualizada em 31/10/2022 às 18h43min

Nível de atividade da construção civil ascende em setembro, revela FIEMA

Empresários maranhenses da construção civil responderam à pesquisa aplicada pela entidade de 1 a 11 de outubro

Coordenadoria de Comunicação e Eventos
Empresários maranhenses da construção civil responderam à pesquisa aplicada pela FIEMA de 1 a 11 de outubro - Foto: Iano Andrade / CNI
 
SÃO LUÍS – A Sondagem da Construção do Maranhão, elaborada pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA) e Confederação Nacional da Indústria (CNI), revelou que o nível de atividade da construção civil teve um aumento significativo em setembro, alcançando 64,6 pontos. O aumento é de 7,3 pontos em comparação ao mês anterior (57,3 pontos), gerando a expectativa de continuidade nos próximos meses e quebrando o ritmo oscilatório até então observado. 

De acordo com o estudo, o indicativo dos números de empregados também está sofrendo mudanças, que ainda não podem ser consideradas sustentáveis. No mês de setembro registrou-se 57,3 pontos, salto muito positivo na comparação com agosto (35,4 pontos). É a primeira vez que o indicador supera a linha dos 50 pontos, nos últimos seis meses. Espera-se que se mantenha nessa faixa nas próximas sondagens. 

UTILIZAÇÃO DA CAPACIDADE OPERACIONAL (UCO) 
De acordo com as informações colhidas junto aos empresários maranhenses, o segmento da construção mantém a utilização da Capacidade Operacional (UCO) acima da linha dos 50 pontos, mas continua sendo reduzida. Em julho de 2022, ela alcançou 76,0 pontos, caindo 7,0 pp na comparação com agosto último. Estava acima dos 70 pontos tanto para o conjunto das pequenas empresas quanto para aquelas de médio e grande porte, em agosto, e teve uma queda de 5 pontos em setembro. 

A pesquisa demonstra que os empresários da construção civil se mantêm confiantes quanto aos próximos seis meses, particularmente entre as médias e grandes empresas, no que se refere à atividade produtiva. No geral, as expectativas são de que o nível de atividade tenha uma variação positiva, tendo em vista que teve aumento de 7,3, ficando com 79,1 pontos. Mas, entre as médias e grandes empresas, essa variação chega a 16,6 pontos positivos. Idêntica expectativa é registrada nos indicadores de compras de matérias-primas, emprego e novos empreendimentos. 

A FIEMA ouviu empresas da construção civil de pequeno porte, médio ou grande porte no Maranhão, no período de 1 a 11 de outubro de 2022.  

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90