MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
28/10/2022 às 18h12min - Atualizada em 29/10/2022 às 00h05min

Com R$ 5 milhões de investimento, Juntos Somos Mais inaugura hub tecnológico em Portugal

Startup busca atrair e reter talentos na área de tecnologia no País

SALA DA NOTÍCIA Tayla Alves
Juntos Somos Mais

Outubro de 2022 – Desde o início do ano, a Juntos Somos Mais, joint venture da Tigre, Gerdau e Votorantim Cimentos, criadora do maior ecossistema de construção civil do país, anuncia ao mercado a abertura de um hub tecnológico em Portugal. Com inauguração oficial para dia 18 de outubro, a base tecnológica que será em um coworking na região do Chiado, em Lisboa, receberá um investimento aproximado de R$5 milhões. 

Esse importante passo internacional da startup tem como objetivo a atração e retenção de talentos na área da tecnologia. “Contratar e reter profissionais da área tech tem sido um desafio para todas as empresas. Com este cenário, entendemos que faz sentido expandir a contratação de talentos para a Europa. Com a abertura do hub em Portugal, pretendemos contratar profissionais nativos e possivelmente brasileiros que vivem por lá. Nada impede, também, a contratação de profissionais de outros países próximos, como França, Itália e Alemanha. Além disso, queremos valorizar os colaboradores que trabalham no Brasil, oferecendo a oportunidade de continuar atuando na empresa, mas com a possibilidade de viver uma nova cultura em Portugal”, explica Danny Farias, CTO da Juntos Somos Mais. 

O projeto espera contratar 20 profissionais da área da tecnologia até outubro de 2023. “Pretendemos atrair esse número robusto de colaboradores, mas nosso objetivo vai muito além disso. Já na inauguração, contamos com 8 colaboradores, então é muito provável que novas vagas sejam abertas também em 2024, já que a demanda por profissionais de tecnologia nunca diminui”, aponta o CTO. “O país tem uma boa qualidade de vida com um baixo custo, e quem trabalha com carteira assinada tem facilidade no acesso ao crédito. Por isso, o turnover é baixo em comparação com outros países”, comenta Filiphe Curvello, Head do Departamento Legal da startup. 

Outro ponto a ser destacado é que a atuação do time da empresa é híbrida no Brasil e será assim também em Portugal. “O nosso modelo de trabalho é muito positivo para encontrarmos diversos profissionais de tecnologia, sem a barreira geográfica e do idioma, além disso, nossa atuação em squads e com processos ágeis facilita o intercâmbio cultural, de troca de conhecimento e muito aprendizado. Por enquanto, nosso foco é encontrar talentos de .Net, mas no futuro expandiremos para outras tecnologias que atendem outros produtos da Juntos”, finaliza Farias.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90