MENU

OPROGRESSONET Publicidade 1200x90
OPROGRESSONET Publicidade 728x90
28/10/2022 às 23h47min - Atualizada em 28/10/2022 às 23h47min

No Tocantins, casal aposta o próprio casamento em caso de vitória de Bolsonaro ou Lula

Assessoria
Foto: Divulgação
 
Parece engraçado, mas não é. Dessa vez, o que está em jogo é o casamento de E. U e C.E, moradores de Araguaína, norte do Tocantins.

O casal resolveu apostar o divórcio nas candidaturas de Bolsonaro (PL) e Lula (PT), na eleição deste domingo, 30. Qualquer que seja o resultado das urnas, o casamento entre E.U e C.E. já está rifado, ou melhor, acabado.

O casal disse que não aguentava mais as discussões dentro de casa em torno das candidaturas de Bolsonaro e de Lula. O homem, defensor ferrenho de Bolsonaro, não abre mão de uma vitória do atual presidente, que concorre à reeleição. Já a mulher, militante petista, disse que o “mundo pode até acabar”, mas que o Lula vai ganhar no domingo.

Cansados da discussão política e também da relação conjugal já estremecida entre os dois, o casal resolveu colocar um fim em tudo. Vão se separar depois das eleições. Para isso, o casal resolveu que, caso Bolsonaro vença, a mulher sai de casa; Agora, se o Lula ganhar, é o marido que “pega descendo”, ou seja, vai embora de casa.

O casal disse que só não registrou a decisão em Cartório por falta de dinheiro. “Eu chamei, mas esse infeliz não tem dinheiro”, disse a mulher. Já o marido afirmou: “essa é a chance de ir embora tranquilo”.Também, ainda não está decidido entre os dois sobre quem fica com os poucos móveis que existem dentro da residência: uma geladeira antiga, um sofá, um fogão, duas camas, um gato, um armário quebrado e uns vasos da planta flor do deserto, entre outras bugigangas do casal, que ainda não tem filhos.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90