MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
27/10/2022 às 18h26min - Atualizada em 27/10/2022 às 18h26min

Bolsonaro faz campanha em Minas Gerais e destaca números do emprego

Bolsonaro fez comício na Praça Tiradentes, em Teófilo Otoni, acompanhado do governador do estado, Romeu Zema. À tarde, se encontra com lideranças políticas em Uberlândia.

Andreia Verdélio
Agência Brasil * - Brasília
Foto: Divulgação/PL

  
O candidato à Presidência pelo PL, Jair Bolsonaro, cumpriu agendas de campanha hoje (26) em Minas Gerais e destacou os números de geração de emprego no país em setembro, divulgados na manhã desta quarta-feira pelo Ministério do Trabalho e Previdência.

“No mês passado foram criados novos 278 mil postos de serviços, é o Brasil partindo no rumo do pleno emprego. A nossa inflação está lá embaixo, tivemos o terceiro mês consecutivo com deflação, os [preços dos] combustíveis estão lá embaixo”, disse a apoiadores. “O Brasil vai indo muito bem pós-pandemia”, completou.

Bolsonaro fez comício na Praça Tiradentes, em Teófilo Otoni, acompanhado do governador reeleito de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), de lideranças políticas locais e religiosos. Antes, ele passou por Governador Valadares.

Exoneração de servidor

Em entrevista coletiva concedida em Uberlândia (MG) na tarde desta quarta-feira, Bolsonaro comentou sobre a exoneração do servidor Alexandre Gomes Machado do cargo em comissão de assessor de gabinete da Secretaria Judiciária, da Secretaria-Geral da Presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Machado trabalhava na área responsável por disponibilizar as propagandas eleitorais de candidatos para as emissoras de rádio e TV. A exoneração foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (26) e ocorre depois de a campanha do presidente ter acionado o TSE alegando que rádios das regiões Nordeste e Norte teriam deixado de veicular centenas de inserções obrigatórias de suas propagandas eleitorais.

“Ele [o servidor] falou que há algum tempo as inserções não iam para o ar e ele havia sempre participado aos seus superiores. Trinta minutos depois que ele confirmou isso, de forma bastante abrupta, segundo relatos dele mesmo, ele foi retirado do TSE. Teria sido demitido então, sem qualquer processo, sem nada. Ele prestou depoimento pelo que eu sei. À meia-noite, à 1h da manhã mais ou menos, na Polícia Federal”, disse Bolsonaro, ao defender a adoção de medidas, por parte do TSE, para o esclarecimento das denúncias. 

Uberlândia

Em Uberlândia (MG), Bolsonaro discursou para uma multidão de apoiadores e garantiu já ter conseguido ficar em primeiro lugar no estado. “Minas já virou. Minas nos dá o norte para a vitória. Minas decide as eleições. Ninguém chega à presidência sem ser vitorioso em Minas Gerais”, disse Bolsonaro, que ficou em segundo lugar no estado na votação do primeiro turno.

O presidente também refutou notícias de que o seu governo vai diminuir direitos trabalhistas. ”Concederemos, no ano que vem, aumento acima da inflação para o salário-mínimo, para o aposentado e para os servidores também”, prometeu.

Confira a agenda dos candidatos do segundo turno das eleições 2022.

Matéria ampliada às 16h30

*Colaborou Vladimir Platonow


Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90