MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
25/10/2022 às 16h22min - Atualizada em 26/10/2022 às 00h03min

Mothica lança versão deluxe do álbum “Nocturnal” com faixas inéditas

Artista se consolida como uma das novas sensações do rock e pop com forte impacto visual e sonoro

SALA DA NOTÍCIA Nathália Pandeló Corrêa
A cantora, compositora e artista visual Mothica acaba de lançar uma versão de luxo de “Nocturnal”, seu segundo álbum de estúdio, com quatro faixas inéditas. O disco faz um mergulho em melodias dinâmicas e emoções à flor da pele e já reúne 20 milhões de streams desde o lançamento. Com quatro novas faixas (“LULLABY”, com AViVA, “S.T.A.R.”, “nothing good happens after 2am” e “NIGHTSHIFT”, que ganhou um visualizer), o trabalho está disponível em todas as plataformas de música.


Crescendo em Oklahoma, Mothica achou que falar abertamente sobre problemas de saúde mental era um tabu e procurou na internet um senso de comunidade. “Muitas das músicas tocam nos temas da escuridão e falam sobre ações autodestrutivas", diz a artista. 

Nas 21 faixas desta versão de luxo, Mothica traz o clima de fim de noite em narrativas etéreas, falando sobre saúde mental, pesadelos e até a estreita relação que a artista tem com o sono. Essa é uma presença tão forte do trabalho que ela expandiu faixas do disco em um EP de seis faixas em formato lo-fi beats chamado “Nocturnal (lofi beats to fall asleep to)”. 

Embora tenha escrito canções desde criança, ela não começou a se dedicar à música até os 18 anos, produzindo e lançando suas composições e se tornando muito próxima dos seus fãs que se conectam com sua história e suas temáticas.

A artista explodiu globalmente no TikTok com o hit “VICES” e hoje acumula mais de 200 milhões de execuções em suas músicas em poucos anos de carreira, que já conta, além dos dois álbuns, com uma série de singles e EPs.

Seu primeiro disco, “Blue Hour”, de 2020, se inspirava no fim da tarde e agora Mothica mergulha na escuridão. "'Blue Hour' foi um momento de transição onde eu fiquei sóbria. Eu estava vivendo um desastre emocional, tentando entender minha vida. Esta sou eu totalmente firme, fazendo um álbum onde queria me sentir mais empoderada”, conta ela.

O peso do rock com a aura do pop alternativo se misturam no trabalho da americana que merece entrar no radar do público, “Nocturnal” e sua versão deluxe são um lançamento Rise Records/BMG disponível em todas as plataformas de música.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90