MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
19/10/2022 às 14h27min - Atualizada em 24/10/2022 às 00h06min

Você sabe o que é toxoríase? Saiba como prevenir o seu pet

De acordo com o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), mais de 30% da população canina no Brasil já sofreu problemas graves causados por vermes intestinais

SALA DA NOTÍCIA Fernanda de Souza Martins
De acordo com o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), mais de 30% da população canina no Brasil já sofreu problemas graves causados por vermes intestinais. Apenas em São Paulo, aproximadamente 70% dos atendimentos veterinários nas clínicas são realizados em pets com problemas gastrointestinais. A Toxocaríase é uma parasitose causada pelo nematoide Toxocara sp., que pode habitar o intestino delgado de cães e gatos. “É uma doença que merece muita atenção de tutores e veterinários pois, além das alterações que causam desconfortos no pet, é uma zoonose, ou seja, pode ser transmitida para os humanos”. explica a médica veterinária Stefanie Poblete, analista técnica de marketing da linha pets da Syntec do Brasil.
Segundo Stefanie, “os ovos desses parasitas se desenvolvem no ambiente (solo) e infectam cães, gatos e outros animais. Os ovos eclodem ao chegar no intestino do animal e as larvas chegam na corrente sanguínea, podendo migrar para fígado, pulmões, sistema nervoso central, olhos ou outros órgãos e tecidos”.
Os sintomas da doença nos animais incluem apatia, emagrecimento, tosse, hiporexia (que é a diminuição de apetite), letargia, diarreia, dores abdominais, e no caso de filhotes, crescimento retardado. “O diagnóstico começa pelo tutor que precisa estar atento aos sinais apresentados pelo pet e, ao notar qualquer diferença de comportamento, é importante buscar a orientação de um médico veterinário”, esclarece a analista.
Essa parasitose também pode afetar os humanos que podem ser infectados de forma acidental, a partir da ingestão de ovos em ambientes contaminados com fezes de animais infectados, essa contaminação pode ocorrer através de mãos ou objetos.
Pensando na prevenção a principal forma envolve o tratamento de animais infectados. Além disso, manter o ambiente e os utensílios dos animais sempre limpos e respeitar o calendário de vermifugação é crucial.
Quando já instalado, o problema pode ser tratado com o uso de anti-helmínticos – os populares vermífugos. Em casos graves, a internação pode ser indicada. Em caso de prenhes, o tratamento da cachorra é importante para que o parasita seja eliminado antes da possibilidade de infectar os filhotes pela via transplacentária ou transmamária. 
Para auxiliar os tutores, a Syntec do Brasil oferece Multitec, produto formulado com três princípios ativos (pirantel, praziquantel e oxantel). “A composição especial de Multitec amplia o seu espectro de ação contra os vermes. Ele pode ser administrado com segurança em cães filhotes, adultos, idosos, gestantes e lactantes, para o tratamento dos principais parasitas gastrointestinais. Outra vantagem é que os comprimidos são sulcados, facilitando o fracionamento de doses mais precisas para animais de todos os portes”, finaliza Stefanie Poblete.
Sobre a Syntec
A Syntec é uma indústria de produtos para saúde animal 100% brasileira com 18 anos de história e foco em medicamentos e suplementos veterinários de alta complexidade. Seu portfólio é amplo, incluindo terapêuticos, especialidades, produtos para higiene e saúde, suplementos e, agora, vacinas animais. Mais informações: www.syntec.com.br
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90