MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
21/10/2022 às 19h45min - Atualizada em 21/10/2022 às 19h45min

Baldez defende uma pauta consolidada entre empresários e governo

Coordenadoria de Comunicação e Eventos
Edilson Baldez, presidente da FIEMA, na reunião do Cema - Foto: Divulgação
 
SÃO LUÍS – O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), Edilson Baldez, participou de reunião do Conselho Empresarial do Maranhão esta semana, a primeira depois da pandemia. Baldez falou da necessidade de uma pauta consolidada entre empresários e governo do Estado. Disse ainda que o Cema é um grande anseio dos empresários e o fórum adequado para se pensar o desenvolvimento econômico do Maranhão.  

 “Há dois anos, foi criado o grupo de trabalho ‘Avança Maranhão’, com governo e entidades pensando o desenvolvimento do estado a longo prazo. Precisamos de um projeto de Estado, permanente, pois todos os estados que avançaram passaram por essa discussão”, lembrou Baldez.  

 O CEMA, presidido pelo governador Carlos Brandão, foi criado em 2015 e tem por finalidade debater e propor diretrizes específicas voltadas à promoção do desenvolvimento econômico do Maranhão. Além de representantes de secretarias estaduais, participam as câmaras setoriais, entidades e Federações. No dia 19/10, foi discutido o planejamento da atuação do Cema 2022-2023, os resultados das Escutas Empresariais para a competitividade do Maranhão, a redefinição das câmaras setoriais, entre outros assuntos. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90