MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
20/10/2022 às 19h48min - Atualizada em 20/10/2022 às 19h48min

Defesa Civil capacita professores para primeiros socorros de crianças

Minicurso ocorreu na Universidade Aberta do Brasil, com foco em engasgo e parada cardiorrespiratória

Islene Lima
Ascom
A primeira medida a ser tomada sempre é chamar o suporte avançado de vida. Enquanto um chama o Samu ou Corpo de Bombeiros, o outro inicia as manobras de desengasgo - Fotos: Patrícia Araújo
 
A Prefeitura de Imperatriz, por meio da Superintendência Municipal de Proteção e Defesa Civil (Sumpdec), em parceria com a Secretaria de Educação (Semed), realizou na manhã desta quarta-feira (20), na Universidade Aberta do Brasil (UAB), uma capacitação para gestores e coordenadores, sobre a Lei Lucas, Nº 13.722 de 04 de outubro de 2018, que visa os primeiros socorros de crianças do ensino infantil e básico, em situações de engasgo ou parada cardiorrespiratória.

Ação é uma medida preventiva, que visa de forma prática e teórica, levar conhecimento de forma didática sobre como salvar uma criança no núcleo escolar, ou num momento de lazer, utilizando técnicas importantes, que em questão de segundos, podem salvar vidas.

O superintendente Josiano Galvão, destaca que esses cursos de primeiros socorros já eram ministrados em outros setores, porém nesse caso, a abordagem será direcionada aos alunos, professores, e população no geral, que às vezes não sabem como agir até a chegada de um profissional.

“É de suma importância a gente debater sobre esse assunto que, infelizmente, atinge na maioria das vezes nossas crianças. Para se ter uma ideia, o sufocamento ou engasgo ocupa o terceiro lugar por morte de crianças no Brasil, ou seja, a Lei deve ser discutida, e reforçada em todos os setores”, afirma Josiano.

O assessor jurídico da Defesa Civil, Danilo Ribeiro Almeida, enfatiza que esse momento é o início de uma série de palestras, que serão aplicadas em todas as escolas municipais, onde serão realizados treinamentos dos primeiros socorros, além de oficinas voltadas para os profissionais da educação que trabalham com as crianças.

A coordenadora da assessoria pedagógica de Imperatriz, Valéria Ferreira, pontua também, que o curso é de extrema importância, pois possibilitará que professores, coordenadores, entre outros responsáveis no núcleo escolar, possam auxiliar de forma rápida até a chegada de um profissional, os primeiros socorros em caso de engasgo ou fratura.

Você Sabia
A Lei Lucas, que já está em vigor em todo país, foi criada após uma criança de apenas 10 anos, perder sua vida em um passeio escolar, ao comer um simples cachorro-quente. Na época foi constatado asfixia mecânica, e a fatalidade, de acordo com especialistas, poderia ter sido evitada, caso houvesse preparo sobre os primeiros socorros, pelas pessoas que acompanhavam Lucas Begalli.

No Brasil, uma das principais causas de morte em bebês recém-nascidos, ocorrem ainda nos primeiros 12 meses de vida. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), todos os dias, cerca de 15 bebês morrem por esse motivo. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90