MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
17/10/2022 às 20h25min - Atualizada em 17/10/2022 às 20h25min

Reitora da UEMASUL é homenageada pela UFMA com Medalha Sousândrade

A honraria reconhece personalidades que trabalham em prol da educação e da cultura do Maranhão

Ascom - UEMASUL
Professora Luciléa recebe Medalha Sousândrade do reitor da UFMA, Natalino Salgado - Foto: Ascom - UEMASUL
  
A professora doutora, Luciléa Ferreira Lopes Gonçalves, reitora da UEMASUL, foi homenageada na noite desta sexta-feira, 14, no palácio Cristo Rei, na capital maranhense com a Medalha Sousândrade. A cerimônia de outorga da distinção honorífica foi realizada durante solenidade que marca o início da programação comemorativa aos 56 anos de fundação da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

A honraria reconhece personalidades que trabalham em prol da educação e da cultura do Maranhão e que tenham envolvimento com o meio acadêmico, concedendo à reitora a medalha de mérito universitário.“Estou muito feliz. O sentimento é de gratidão. Fui aluna da UFMA, de 1985 a 1989 e receber essa medalha que tem um significado tão grande para o Maranhão, que carrega o nome de uma personalidade cheia de simbologia, que foi um dos maiores poetas do Brasil, faz-me sentir muito honrada” – disse a reitora, emocionada.

Luciléa atua na área do ensino há 33 anos no Estado e está entre as 14 personalidades maranhenses condecoradas com a Medalha Sousândrade. A professora iniciou sua trajetória educacional na comunidade de pescadores, denominada Peru, localizada nas reentrâncias maranhenses, no município de Cururupu, quando começou sua luta para frequentar as primeiras salas de aula. A professora se destaca pela história de vida que construiu entrelaçada com a da educação do Estado, tanto nas redes pública quanto privada.

Moradora de Imperatriz desde 1990, ano em que iniciou a carreira do Magistério Superior na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Luciléa Ferreira Lopes Gonçalves é doutora e mestra em Geografia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), mestra em Educação pelo IPLAC- Cuba; especialista em Geografia e Planejamento Ambiental, PUC-Minas; bacharela e licenciada em Geografia pela UFMA e UEMA e professora adjunta do curso de Geografia na UEMASUL.

Apaixonada pelas salas de aulas, Luciléa atuou na educação básica como professora no Serviço Social da Indústria (SESI) e no ensino médio. Na educação superior exerceu os cargos de diretora do curso de Geografia e coordenadora do Núcleo de Educação a Distância (NEAD) da UEMA (2002-2007), e coordenadora de cursos de especializações Lato Sensu. Com a criação da UEMASUL, exerceu o cargo de chefe de divisão de Concursos e vestibulares e diretora do curso de Geografia. Atualmente é reitora da UEMASUL, sendo eleita em 2021.

Medalha Sousândrade
Instituída pelo Conselho Universitário (CONSUN), em 22 de setembro de 1981, a Medalha Sousândrade homenageia a profissionais que tenham trabalhado pela instituição e que, ao longo de sua atuação, contribuíram de forma significativa na estruturação, funcionamento e projeção da universidade ao longo da sua existência. A medalha também é concedida a personalidades que, embora não atuem na UFMA, trabalharam em prol da educação e da cultura do Maranhão.

A honraria recebeu esse nome devido à figura de Joaquim de Sousa Andrade, publicamente conhecido por Sousândrade, um dos maiores poetas do Brasil. Ele foi presidente do primeiro conselho municipal de São Luís, criou escolas municipais mistas e noturnas da cidade, idealizou a bandeira do estado e foi um dos primeiros intelectuais que tentou instituir uma universidade no Maranhão.

Homenageados
Além da professora Luciléa, receberam a medalha o secretário do Tribunal de Contas da União do Estado, Alexandre José Caminha Walraven; o procurador geral de justiça do Ministério Público do Estado do Maranhão, Eduardo Jorge Hiluy Nicolau; a professora Enide Moreira Lima Jorge Dino; o presidente do Tribunal Regional do Trabalho do Maranhão, Francisco José de Carvalho Neto; o presidente da Academia Maranhense de Ciências, professor Henrique Mariano Costa do Amaral; o presidente e conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, Joaquim Washigton Luiz Oliveira; o presidente da Academia Maranhense de Medicina, José Márcio Soares Leite, o presidente da Academia Maranhense de Letras, desembargador Lourival Serejo; o presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, Paulo Sergio Velten Pereira; o presidente da Empresa Pacotilha, editor do jornal O Imparcial, Pedro Batista Freire;  o diretor de redação de O Imparcial, Raimundo Nonato Borges; o juiz federal Roberto Carvalho Veloso; a professora e poetisa da Academia Maranhense de Letras, Sonia Maria Correa Pereira Mugschl; e o desembargador federal do TRT-MA, James Magno Araújo Farias.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90