MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
14/10/2022 às 19h33min - Atualizada em 14/10/2022 às 19h33min

Acusados de latrocínio em Vitória do Mearim são condenados pela Justiça

Michael Mesquita
Asscom CGJ
Foto: Divulgação
 
O Poder Judiciário de Vitória do Mearim divulgou as sentenças condenatórias de quatro homens, acusados de terem participado de uma tentativa de assalto no município, que terminou com a morte de dois vigilantes e feriu gravemente uma adolescente. Os réus Anderson Fernando Demétrio, Orisvaldo de Jesus Martins e Pedro Henrique Soares Silva foram condenados às penas definitivas de 64 anos e um mês de reclusão, 60 anos e oito meses de reclusão, e 55 anos e dez meses de reclusão, respectivamente. O réu Estefeson Reis foi absolvido das acusações. As penas devem ser cumpridas, inicialmente, em regime fechado

Narra a denúncia que, em 25 de agosto de 2021, no final da manhã, na agência Bradesco de Vitória do Mearim, os denunciados Anderson, Pedro Henrique e Orisvaldo, contando com apoio para fuga de Estefeson, de forma livre e consciente, previamente conluiados, utilizando-se de uma arma de fogo, tentaram assaltar a agência, ocorrência que resultou na morte de duas pessoas, os vigilantes Edson Nascimento e Késsio Carlos Fernandes. Uma adolescente foi atingida do lado de fora da agência e um quinto suspeito morreu posteriormente, em confronto com a polícia.

Testemunhas afirmaram que os assaltantes chegaram ao local seguindo um carro-forte que foi abastecer o banco. Logo que o carro-forte saiu do local, os bandidos anunciaram o roubo, momento em que os dois vigilantes reagiram. Eles foram alvejados pelos assaltantes, falecendo ainda no local, fato este que foi amplamente divulgado pelos veículos de comunicação. Além dos dois vigilantes, uma cliente que estava próxima à agência também foi alvejada por um disparo na região da cabeça efetuado pelos criminosos, permanecendo internada com graves sequelas. 

AÇÃO FRACASSADA - Depois da ação fracassada, os indivíduos se evadiram do local em duas motocicletas, levando com eles apenas a arma de fogo de um dos vigilantes. Após o crime, os assaltantes se deslocaram para o povoado Santa Cruz, zona rural de Vitória do Mearim e, com a ajuda do denunciado Estefeson, eles teriam atravessado o rio de balsas até Conceição Açu. Assim, após a elaboração de Relatório de Investigação Policial e a obtenção das imagens coletadas de câmeras de sistema de monitoramento das proximidades da agência, foram identificadas cinco pessoas responsáveis pela prática do crime.

O julgamento dos homens ficou a cargo da juíza Urbanete de Angiolis, titular de Vitória do Mearim. Pedro Henrique foi julgado no dia 6 de setembro e Anderson, Orisvaldo e Estefeson foram julgados nesta terça-feira, 11 de outubro. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90