MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
13/10/2022 às 18h43min - Atualizada em 13/10/2022 às 18h43min

A vida pode levar a caminhos diferentes do planejado

A história que Gloria Perez conta em “Travessia” mostra como os nossos planos podem ser mudados por fatores que não dependem somente da nossa vontade

Da Redação
GB Edições
O poderoso empresário Guerra, vivido por Humberto Martins, é mestre em seus negócios e também na arte da manipulação / Foto: Ellen Soares-RG
  
Nesta segunda-feira, dia 10, foi a estreia a novela “Travessia”, sucedendo a trama de “Pantanal”. A nova história é da novelista Glória Perez e tem seu enredo principal inspirado na realidade: fake news. A heroína de Glória Perez quase é linchada por conta de uma história falsa, engendrada por uma turminha do mal, dessas que usam as redes sociais para inventar notícias e prejudicar pessoas, sem medir consequências.

“Travessia” terá cenas gravadas no Maranhão, em Portugal e por fim no Rio de Janeiro, onde se desenvolverá a maior parte do enredo.

O colorido e a alegria do Maranhão são os cenários do começo da história de Brisa (Lucy Alves). Brisa cresceu ao lado de Ari (Chay Suede); o que era apenas uma brincadeira de crianças, se transforma em amor e compromisso na fase adulta. E rende um fruto, o menino Theo. Brisa e Ari moram juntos e ela confia, acredita mesmo, que eles vão oficializar a união. No entanto, quem não está nada animada com esse casamento é Núbia (Drica Moraes), mãe de Ari, que se sacrificou para que ele se tornasse arquiteto e sonha um “futuro melhor” para ele.

E o “futuro melhor” chega quando Ari passa a fazer parte de uma equipe de restauração de um centenário casarão no Rio de Janeiro. Ele deixa Brisa no Maranhão, com a promessa de voltar, e segue para a Cidade Maravilhosa. E daí o destino começar a agir contra o amor deles.

Por conta de uma notícia falsa, Brisa quase é linchada enquanto Ari se encanta por Chiara (Jade Picon), a filha do seu patrão. Brisa consegue chegar ao Rio de Janeiro, mas nada será como antes.

Na luta para escapar do linchamento, o destino de Brisa cruza com Oto (Rômulo Estrela), um hacker sem endereço fixo que se torna fundamental em sua fuga. Oto mudará completamente as ideias dela.

No outro lado da história está os empresários Guerra (Humberto Martins) e Moretti (Rodrigo Lombardi). No passado, eles foram sócios inseparáveis, no entanto brigaram feio por causa de Débora (Grazi Massafera) e atualmente são inimigos mortais. Os dois sequer imaginam que estão ligados por um segredo muito bem guardado: Chiara (Jade Picon) é oficialmente filha de Guerra, mas na verdade o pai biológico é Moretti.

Moretti mora em Portugal e está de casamento marcado com Guida (Alessandra Negrini), uma mulher vibrante e muito espontânea. Ela é irmã de Leonor (Vanessa Giácomo), cuja personalidade é bem diferente de Guida. As duas são primas da delegada Helô (Giovanna Antonelli) que se divorciou do marido, o advogado Stênio (Alexandre Nero).

No passado, Leonor namorou Moretti, mas seguiu para Europa a fim de estudar.

Depois de uma temporada no Canadá, Leonor segue para Portugal especialmente para o casamento da irmã. Mas, o reencontro das irmãs não é tão especial quanto elas esperam. De personalidade brincalhona, Guida faz suspense sobre quem é seu noivo. Ela não faz de propósito. É uma mulher bem-humorada e, até então, tinha certeza de que Moretti era página virada na vida da irmã. Quando Leonor descobre quem é o noivo, um mar de ressentimentos vem à tona. Mágoas antigas e profundas que nunca haviam sido verbalizadas aparecem, e a relação das duas, que parecia ser sólida e de cumplicidade, fica muito fragilizada. 

O choque é muito maior do que Leonor pode suportar, e ela não vê outra saída senão ir para o Brasil imediatamente, antes que possa testemunhar o enlace. A tarefa não é tão fácil, já que ela estava morando fora e não tem estrutura alguma no país. Sua expectativa é encontrar algum abrigo, ainda que temporário, na casa de sua Tia Cotinha (Ana Lucia Torre).  

Enquanto isso, quando Brisa chega no Rio de Janeiro, ela segue para o endereço que Ari lhe deu, mas descobre que ele não mora mais ali. Ela fica sem chão e nesse momento conta com sua primeira ajuda carioca. Marineide (Flávia Reis) trabalha no prédio, vê o desespero da maranhense, que deixou o filho e a sogra no nordeste do país e não sabe nem por onde começar a procurar pelo noivo na cidade grande, e se compadece. Ela não tem muito a oferecer, mas abre as portas de sua casa em Vila Isabel como um lar temporário para a jovem.

O bairro carioca pulsa a energia vibrante da boemia e o acolhimento típico de uma vizinhança que há muito se conhece, e chega como um alento para Brisa. Na casa de Marineide, ela também conhece Joel (Nando Cunha), seu esposo, e Karina (Danielle Olímpia), a filha do casal. Joel é garçom do “Encanto da Vila”. Boa gente, bem-humorado, aquele tipo de profissional que conhece cada cliente pelo nome, assim como o gosto de todos eles. Karina (Danielle Olímpia), como a maioria dos jovens de sua geração, tem nas redes sociais o meio preferido de comunicação para compartilhar sentimentos, marcar eventos e conversar com os amigos. A vida de Brisa começa a tomar um novo rumo quando ela é acolhida por essa família: Joel consegue um trabalho para ela no “Encanto da Vila” e, aos poucos, ela vai juntando dinheiro para voltar para sua cidade.  

Também moram em Vila Isabel a bela e incansável caçadora de sucesso e vantagens Silene (Aoxi), cujo sonho é ser musa da Escola de Samba de Vila Isabel; Dona Olímpia (Betty Goffman), que adora uma fofoca e sabe da vida de todos do bairro; a cabeleireira Cema (Dudha Moreira) e a manicure Rose (Aliny Ulbricht), que trabalham no salão de beleza que atende a vizinhança.

Imersa neste novo universo, Brisa não tem conhecimento de que o caos gerado pela deepfake ainda não terminou. A essa altura, corre aos quatro cantos do Maranhão que ela fugiu do interior, deixou o filho com a avó paterna e foi vista com outro homem pelas ruas de São Luís. Mais uma fake news sobre ela que se espalha. Ari fica sabendo e uma parte dele não acredita na fofoca; enquanto a outra quer muito crer que tenha sido realmente dessa forma, pois assim ele se livra da culpa de estar envolvido com Chiara (Jade Picon).  

Sem ter ideia da nova onda de boatos que se espalhou, Brisa consegue juntar dinheiro suficiente para voltar para casa e reencontrar Tonho (Vicente Alvite). Já no Maranhão, mais uma surpresa assustadora: ela descobre que o menino não está mais com Núbia. A pedido de Guerra, que quer dominar o novo genro e afastá-lo de seu passado, Ari leva o filho para o Rio de Janeiro. Desesperada, Brisa retorna ao Rio determinada a localizar Ari e resgatar Tonho. Novamente, Vila Isabel é seu refúgio: a maranhense volta a morar com a família de Joel e a trabalhar no “Encanto da Vila”, e ali começa sua busca pelo filho.

Esse é o enredo principal de “Travessia” que é a mais nova aposta da Globo para abocanhar a liderança de audiência na faixa das nove da noite. É esperar e conferir. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90