MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
06/10/2022 às 18h55min - Atualizada em 06/10/2022 às 18h55min

Servidor fraudava sistema dos Correios para obter dinheiro com ressarcimento no MA, aponta PF

Investigado fraudava o sistema corporativo para simular o envio de encomendas falsas, que nunca eram entregues, e então se beneficiava com o direito de ressarcimento enviado a terceiros

Assessoria/PF
Polícia Federal durante a busca e prisão do alvo - Foto: Divulgação/PF
 
A Polícia Federal realizou uma operação, na manhã desta quinta-feira (6), contra um servidor público que estaria ganhando dinheiro por meio de uma fraude ao sistema dos Correios. O nome dele não foi informado.

Policiais realizam mandados de busca e apreensão em Caxias, Governador Eugênio Barros e São Luís. Além de ter parte dos bens restritos, o servidor também foi afastado das funções, segundo a PF.

O esquema - De acordo com a polícia, a fraude consistia na inserção de dados falsos em um sistema corporativo dos Correios, simulando remessa de encomendas com a contratação de serviço adicional de valores e posterior pedido de indenizações.

Porém, como a encomenda de fato não existia, nunca chegava ao destinatário e acabava sendo tratada como “extraviada”, gerando o direito de ressarcimento e causando um prejuízo aos cofres públicos.

Ainda segundo a PF, o dinheiro dos ressarcimentos não ia diretamente ao investigado, mas ele usava o nome de terceiros, como parentes, para receber e depois obter sua parte.

O investigado poderá responder pelo crime de peculato eletrônico, cuja pena pode chegar a doze anos de reclusão e multa.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90