MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
05/10/2022 às 23h02min - Atualizada em 05/10/2022 às 23h02min

Matou a mulher em Lago da Pedra e foi preso no Tocantins, 25 anos depois

Assessoria
 
Policiais Civis da 19ª Delegacia de Polícia Civil de Nazaré, no extremo Norte do Estado, prenderam no final da tarde desta terça-feira (04/10), um indivíduo de 56 anos, que estava foragido da Justiça do Maranhão. Ele estava escondido em Cachoeirinha.

Ele responde pelo crime de assassinato de sua própria esposa, ocorrido há 25 anos, na cidade de Lago da Pedra (MA). O indivíduo foi capturado em cumprimento a mandado de prisão, oriundo do Poder Judiciário do Estado vizinho.

Comandada pelo delegado Carlos Eduardo Estrela, a operação que resultou na localização e captura do foragido teve início com o objetivo de combate a crimes de violência doméstica em Cachoeirinha.

No decorrer das incursões, os policiais receberam informações de que um indivíduo, processado por homicídio no Maranhão estaria escondido na cidade. Assim, os policiais civis da 19ª DP intensificaram as investigações e localizaram o homem.

Com a localização do indivíduo, na tarde desta terça-feira, os agentes foram até as imediações da residência que estava sendo ocupada pelo homem e aguardaram até que o mesmo retornasse para casa. Quando ele chegou, recebeu voz de prisão e foi conduzido até a Central de Atendimento da Polícia Civil em Tocantinópolis, onde a ordem judicial foi cumprida.

Após a realização das providências legais cabíveis, o indivíduo foi encaminhado para a Cadeia Pública da cidade, onde aguardará preso, a manifestação do Poder Judiciário do Maranhão, para onde deverá ser recambiado a fim de responder pelo crime do qual é acusado.

O CRIME
Segundo os levantamentos realizados pela Polícia Civil, o homem teria assassinado a golpes de faca, sua companheira, Marina Paixão da Silva, fato ocorrido no dia 30 de novembro de 1997, em Lago da Pedra, Maranhão. Após o crime, ele fugiu da cidade, mas foi localizado em Cachoeirinha nesta terça-feira.
Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90