MENU

29/09/2022 às 17h39min - Atualizada em 01/10/2022 às 00h01min

Diploma digital: o que é, como funciona e validade

Diploma digital

SALA DA NOTÍCIA Juan balero
diplomasbrasiloriginal.com

O diploma digital é uma versão eletrônica do documento físico que comprova o conclusão de um curso de nível superior. A validade do diploma digital é reconhecida pelo MEC e, assim como o diploma impresso, pode ser usado para fins profissionais.

O diploma digital é emitido pelas instituições de ensino superior e enviado para o aluno por e-mail. Para acessar o documento, é necessário fazer login em uma plataforma segura, como a do Serpro. Além da facilidade de acesso, o diploma digital oferece mais segurança contra possíveis fraudes.

A validade do diploma digital é reconhecida pelo MEC e, assim como o diploma impresso, pode ser usado para fins profissionais. No entanto, é importante guardar uma cópia do documento em formato PDF para evitar problemas futuros.

O que é diploma digital

O diploma digital é uma versão eletrônica do diploma de graduação tradicional.

Ele é emitido e armazenado eletronicamente em um repositório seguro, geralmente pelo instituto de educação superior que o concedeu.

O diploma digital pode ser compartilhado facilmente com empregadores, outros institutos de ensino e agências governamentais, reduzindo o tempo e o custo associados à verificação do histórico acadêmico.

Além disso, o uso de diplomas digitais permite que os alunos mantenham um histórico permanente de seus estudos, o que pode ser útil para fins de referência futura.

Como funciona

Os diplomas digitais são documentos eletrônicos que contêm as mesmas informações que os diplomas tradicionais impressos.

Eles são emitidos e armazenados em um formato digital, o que significa que eles podem ser facilmente enviados, recebidos e armazenados em um dispositivo eletrônico, como um computador ou smartphone.

Os diplomas digitais têm muitas vantagens em relação aos diplomas tradicionais.

Por exemplo, eles são mais seguros, pois podem ser criptografados para evitar a alteração ou a falsificação.

Além disso, os diplomas digitais são mais fáceis de compartilhar do que os tradicionais, pois podem ser enviados por email ou mensagens de texto.

No entanto, os diplomas digitais também apresentam alguns desafios.

Por exemplo, é importante garantir que os dispositivos que vão receber o diploma estejam configurados para aceitar documentos eletrônicos.

Além disso, é preciso ter cuidado para não perder o diploma digital, pois não há uma cópia física que possa ser recuperada.

Validade

O diploma digital é uma forma de diploma que é emitido e armazenado eletronicamente.

Os diplomas digitais são válidos de acordo com a lei, desde que sejam emitidos por uma instituição de ensino autorizada.

A validade do diploma digital é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Os diplomas digitais são válidos para todos os fins, inclusive para a obtenção de visto, emprego e bolsas de estudo no Brasil e no exterior.

Empresas que são obrigadas a emitir o Diploma Digital

As empresas que são obrigadas a emitir o Diploma Digital são aquelas que estão registradas no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) e possuem um Certificado Digital.

O diploma digital é uma via eletrônica do diploma de graduação, devidamente assinada pelo presidente da instituição de ensino superior, contendo todos os dados constantes na via impressa.

A partir de de janeiro de fica instituído o Diploma Digital como documento hábil para comprovação do título acadêmico expedido por instituições de ensino superior, inclusive para os fins previstos na Lei nº 12.de A autenticidade do documento eletrônico é assegurada pelo uso do Certificado Digital.

O diploma digital somente será expedido mediante requerimento do interessado junto à instituição de ensino superior, sendo vedada a sua cópia ou reprodução total ou parcial por terceiros.

A implementação do diploma digital é uma iniciativa do Governo Federal para simplificar o processo de verificação da autenticidade dos diplomas e reduzir custos com a impressão e envio dos documentos pelas instituições de ensino.


Notícias Relacionadas »
Comentários »