MENU

30/09/2022 às 16h19min - Atualizada em 01/10/2022 às 00h01min

Bureau Veritas inspeciona primeiras exportações a grandel de farelo de DDGS de milho de 2022

Grupo é responsável por certificar a qualidade de cerca de 60 mil toneladas do produto derivado da fabricação de etanol

SALA DA NOTÍCIA DIX | Conteúdo e Relacionamento

São Paulo, 30 de setembro de 2022 – O Bureau Veritas, líder mundial em Teste, Inspeção e Certificação (TIC), inspeciona as primeiras exportações brasileiras a granel de Dried Distilled Grains with Solubles (DDGS) do ano, assegurando a qualidade da carga e as condições de embarque do navio. O Grupo certificou a qualidade de cerca de 60 mil toneladas do produto proveniente da fabricação de etanol de milho entre junho e julho e deve inspecionar outros embarques até o final do ano. Matéria-prima da ração pecuária, o DDGS é relativamente novo no Brasil e tem ganhado cada vez mais visibilidade no mercado interno e externo, acompanhando a ascensão dos biocombustíveis.

"O Brasil é o terceiro maior produtor mundial de alimentos e o Bureau Veritas tem papel fundamental no agronegócio brasileiro, contribuindo para o desenvolvimento e fortalecimento da sua reputação no mercado global. O farelo DDGS de milho possui enorme potencial mercadológico e traz um viés sustentável, por ser um subproduto do etanol de milho, fomentando ainda mais a produção do biocombustível no país”, afirma Guilherme Cauduro, diretor de Agronegócios & Commodities do Bureau Veritas.

E
specialista em análise agrícola e sistemas de exportação, o Bureau Veritas é responsável por inspecionar 54% do volume de grãos que saem do Brasil. O Grupo certifica a qualidade das commodities desde a sua origem até o destino final, por meio de soluções customizadas e alinhadas aos mais rigorosos padrões internacionais de qualidade. A inspeção do farelo DDGS de milho envolve protocolo próprio e melhores testes do mercado para certificar a qualidade do produto, verificando os impactos do processamento e condições de armazenamento, para que possa ser exportado de acordo com exigências regulamentares e comerciais.

Para cada tonelada de milho processada são produzidos, em média, 300 quilos de grãos de destilaria (DDG), que são acrescidos de solúveis para melhor ingestão dos animais. Em abril deste ano, o preço médio do DDG subiu 2,2% em relação a fevereiro e, segundo projeções do mercado, até 2031, a produção de etanol de milho deve chegar próxima de 10 bilhões de litros, podendo gerar quase 8 milhões de toneladas de DDGS. O farelo traz ainda o aspecto sustentável com o aproveitamento dos resíduos da produção do etanol e por dispensar a abertura de áreas de produção.

Sobre o Grupo Bureau Veritas
Com receita global de 4,9 bilhões de euros, o Bureau Veritas é líder mundial em Teste, Inspeção e Certificação (TIC). Fundado em 1828, o Grupo está presente em 140 países, atendendo mais de 400 mil clientes. São 80 mil colaboradores localizados em mais de 1.600 escritórios e laboratórios pelo mundo, sendo 5 mil profissionais no Brasil. O Bureau Veritas oferece um portfólio completo de serviços e soluções inovadoras para garantir que ativos, produtos, infraestrutura e processos atendam aos padrões e regulamentações de qualidade, saúde e segurança, proteção ambiental e responsabilidade social.


Notícias Relacionadas »
Comentários »