MENU

28/09/2022 às 18h40min - Atualizada em 29/09/2022 às 00h00min

4ª edição do projeto Encantando acontece em igrejas de Ribeirão Preto

SALA DA NOTÍCIA Verbo Nostro
A Alma (Academia Livre de Música e Artes) anuncia o calendário de outubro da 4ª edição do projeto Encantando. Durante o mês, serão seis apresentações gratuitas da Orquestra de Câmara da instituição, em igrejas de Ribeirão Preto, com execução de repertório de música sacra de concerto. A primeira delas será neste domingo (2/10), no Santuário das Sete Capelas (Morro do São Bento, s/n – no Jardim Mosteiro), às 10h30, e na Paróquia Jesus Crucificado (Rua Pedro Marzola, 447, no Jardim Marchesi), às 19h45. As apresentações, sempre após a missa, têm duração de 40 minutos e trazem um repertório com composições de Mozart, Franz Schubert e Bach.


Na semana seguinte, os músicos se apresentarão no dia 9/10 em dois horários: às 11 horas, na igreja São José (Rua São José, 743), e às 19h30, na Paróquia Santa Maria Goretti (Rua Júlio de Mesquita, 360, na Vila Virgínia). No dia 23/10, a Orquestra de Câmara estará na Paróquia São Francisco de Assis (Rua João Ferracine, 335, no Jardim Castelo Branco), às 19h. Encerrando a agenda do mês, no dia 30/10, a Basílica de Santo Antônio de Pádua (Rua Paraíba, 747, nos Campos Elíseos), às 18h, recebe o projeto.

A Orquestra de Câmara da Alma é uma mini orquestra que realiza apresentações de música de concerto em espaços menos usuais, criada especialmente para o projeto Encantando. Conta com a participação de cinco músicos instrumentistas - 1º e 2º violinos, viola, violoncelo e contrabaixo - (Paulo Eduardo de Veiga, Paola Rojas, Miguel Fernando Stamato, Pedro Pasqualatto e Anderson Pereira) e três cantores líricos (Tácristy Rodrigues Nunes, Brenda Grigol e Snizhana Drahan), nas formações solo, duo e trio.


Com a proposta de formar plateia para a música de concerto, o projeto Encantando foi idealizado para ser executado em igrejas alguns anos atrás, em função da igreja católica ter sido a principal instituição responsável pela formação musical no país em séculos passados. “Foi uma forma que encontramos de oferecer acesso gratuito para as pessoas que não frequentam as salas de concerto e que, muitas vezes, ainda não tiveram acesso a esse estilo musical”, explica Luciana Rodrigues, diretora administrativa e financeira da Alma, destacando que todo o repertório do projeto conta com músicas conhecidas mundialmente. “É uma oportunidade de novas experiências a população”, completa.

O público terá contato com composições selecionadas da música de concerto, que, historicamente, segue uma escala temporal ampla que vai da Idade Média até os nossos dias. Nos concertos desta temporada do projeto Encantando, os participantes poderão conferir músicas que tornaram-se famosas, em especial, a música sacra. Compõem o repertório peças instrumentais importantes, como Serenata Nº 13 para cordas em Sol Maior (Eine Kleine Nachtmusik), de W. A Mozart; Minueto e Trio, de Luigi Boccherini; Ária de IV Corda, de J. S. Bach, bem como belíssimas obras sacras, como Ave Maria, de Franz Schubert; Panis Angelicus, de César Franck; Laudate Dominium, de W. A. Mozart; Cantata I56, de J.S. Bach; Ária "Schafe Können Sicher Weiden", da Cantata "Was mir behagt, ist nur die muntre Jagd" (BWV 208), de J. S. Bach e Ave Verum Corpus, de W. A Mozart.


“Durante 40 minutos, apresentamos o ouro da música sacra. É um repertório rico. As pessoas se emocionam. Muitas delas nunca tiveram contato com a música de concerto”, mostra Snizhana Drahan, professora de canto e coral da Alma e coordenadora artística do projeto.

A presidente da Academia Livre de Música e Artes, Dulce Neves, diz que o projeto é uma excelente oportunidade de os alunos mostrarem seu potencial para a comunidade e uma ferramenta de profissionalização. “A formação de plateia e o contato com o público, aprimoram a técnica e a capacitação dos músicos, que precisam ser preparar ainda mais com estudos e ensaios. Essa oportunidade torna-os cada vez mais preparados para a jornada musical”.

O projeto Encantando é uma realização da Alma com o apoio do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, através do ProAc - Programa de Ação Cultural, com patrocínio da Usina Alta Mogiana e Savegnago Supermercados.


SERVIÇ
Projeto Encantando – Com ALM

Dia 2/10 (domingo)

10h30: Santuário das Sete Capela (Morro do São Bento, s/n – n/o Jardim Mosteiro),

19h45: Paróquia Jesus Crucificado (Rua Pedro Marzola, 447, no Jardim Marchesi)


Dia 9/10 (domingo)

11h: Igreja São José (Rua São José, 743 – Centro)

19h30: Paróquia Santa Maria Goretti (Rua Júlio de Mesquita, 360 - Vila Virgínia)

Dia 23/10 (domingo)

19h: Paróquia São Francisco de Assis  (Rua João Ferracine, 335 - Jardim Castelo Branco)

Dia 30/10 (domingo)

18h: Basílica de Santo Antônio de Pádua (Rua Paraíba, 747 - Campos Elíseos)


Alma

A Alma - Academia Livre de Música e Artes é uma associação privada sem fins lucrativos, com sede em Ribeirão Preto (SP). Começou suas atividades em agosto de 2014, com o objetivo de proporcionar a crianças e adolescentes iniciados em artes, especialmente em música, a possibilidade de aperfeiçoamento técnico, artístico e expressivo. A escola de música e artes conta com o apoio de compositores e arranjadores residentes, garantindo uma produção artístico-pedagógica conectada com o mundo atual. Dessa forma, o papel da Alma é oferecer um meio para que crianças e adolescentes (de quaisquer origens sociais) possam, uma vez iniciados e com bases artísticas fundamentadas, se aperfeiçoarem no sentido do acesso às melhores universidades e orquestras/coros nacionais ou internacionais.  Em 2017, a Alma criou o Núcleo de Formação Musical (nível iniciante) nas cidades de São Joaquim da Barra e Guará, nas escolas públicas destas cidades, com o objetivo de preparar crianças para ingressarem no Núcleo de Formação Avançada, em Ribeirão Preto.

Notícias Relacionadas »
Comentários »