MENU

21/09/2022 às 11h43min - Atualizada em 28/09/2022 às 00h01min

Com patrocínio da Multilog, livro com gravuras e manuscritos inéditos sobre o Brasil é lançado em Blumenau e Florianópolis

"Viagem de Goethe ao Brasil: uma jornada imaginária", do escritor alemão Sylk Schneider, apresenta pela primeira vez mapas, manuscritos e gravuras da biblioteca particular de Goethe

SALA DA NOTÍCIA Marcela Batista
Divulgação lançamento blumenau

O livro “Viagem de Goethe ao Brasil: uma jornada imaginária”, do escritor alemão Sylk Schneider, foi lançado na semana passada em Blumenau, no Auditório Carlos Jardim, em um evento para convidados. Hoje, terça-feira, dia 6 de setembro, o evento de lançamento do livro “Viagem de Goethe ao Brasil: uma jornada imaginária” será em Florianópolis, no Palácio Cruz e Souza. 

Com o patrocínio da Multilog, através da Lei de Incentivo à Cultura, a obra está sendo lançada pela Editora Nave, e mostra como Johann Wolfgang von Goethe (1749-1832) era um apaixonado pelo Brasil. A edição brasileira aprofunda as pesquisas da edição alemã de 2008 e apresenta, pela primeira vez, gravuras, manuscritos e mapas da biblioteca particular de Goethe. 

“Estamos muito honrados em fazer parte de um projeto tão importante como esse para o resgate da história do encantamento de Goethe pelo Brasil”, disse Djalma Vilela, CEO da Multilog. O executivo destaca que o livro surge quando o autor, Sylk Schneider, então um universitário que pesquisava a economia na América Latina, veio ao Brasil estudar economia durante um ano na Universidade Federal de Pernambuco, em Recife. Lá, ele fica surpreso ao perceber que muitos naturalistas europeus do século 19, que foram ao Brasil, mencionaram em suas obras o interesse de Goethe pelo Brasil.

A nova edição reproduz muitos documentos inéditos, como um manuscrito de 30 de julho de 1822 – em que registra, depois de ter lido um relato de Johann Emanuel Pohl, “as dificuldades da viagem brasileira” – e as pranchas de 1823 das duas espécies de malvácea brasileira que o homenagearam ainda em vida: a Goethea cauliflora e a Goethea semperflorens.

Entre as dezenas de gravuras de botânica do século XIX – incluindo-se prancha de cobre do livro de 1818 Journal von Brasilien (Diário do Brasil), do mineralogista W. L. von Eschwege, que viveu em Ouro Preto –, está a reprodução de uma rede de dormir da Amazônia, feita de fibra de tucumã, item raro que faz parte da coleção particular de Goethe. O prefácio é assinado pelo professor e tradutor Berthold Zilly (autor de traduções à língua alemã de livros de Euclides da Cunha, Lima Barreto, Machado de Assis e Raduan Nassar), que procura, sutilmente, aproximar Johann Wolfgang von Goethe a João Guimarães Rosa.  

Saiba mais sobre a Multilog

A Multilog é um operador logístico com 26 anos de mercado, possuindo forte presença no Sul e Sudeste. Possui estrutura e inteligência para desenvolver soluções completas e diversificadas para operações alfandegadas, centros de distribuição e transportes, além de expertise nos segmentos químico, de saúde, bens de consumo, automotivo e industrial. A Multilog conta com 28 unidades de negócio, em cinco diferentes estados (São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Bahia), 13 armazéns alfandegados, totalizando mais de 2 milhões de metros quadrados, cinco centro de distribuição e quatro unidades de transportes.  Ao todo, são mais de 2 mil colaboradores e premiações como Top Of Mind, Prêmio Sindusfarma de Qualidade, ISO 9001:2015, Certificação OEA, empresa brasileira de logística número um no ranking Great Place to Work (Melhores Empresas para Trabalhar) 2020, entre outras.

Mais informações em www.multilog.com.br

Informações para a imprensa
Egom PR Agency – (11) 3666 7979
Marcela Matos (11) 98447 1756

Notícias Relacionadas »
Comentários »