MENU

26/09/2022 às 22h23min - Atualizada em 26/09/2022 às 22h23min

Candidato é torturado dentro de casa e tem dinheiro do fundo partidário roubado no Tocantins

Tinha recebido um repasse de R$ 30 mil do partido

Da Assessoria
Candidato foi surpreendido enquanto dormia na chácara onde mora - Foto: Divulgação
 
Candidato a deputado federal pelo partido Patriota Tocantins, Elenilson Bezerra, 40 anos, foi vítima de roubo e tortura na madrugada da última sexta-feira (23), no setor Agrotins, em Palmas.

Segundo a vítima, três homens armados chegaram em um veículo vermelho na chácara onde o candidato reside e o abordaram bruscamente, por volta das 4 horas da madrugada.

Elenilson Bezerra foi surpreendido enquanto dormia, ameaçado com arma de fogo e barras de metal. Os criminosos pegaram o celular de Bezerra e o coagiram a entregar suas senhas de acesso. Em seguida, transferiram o dinheiro da conta do Fundo Partidário do candidato para outras contas ligadas aos bandidos. O candidato tinha recebido um repasse de R$ 30 mil do partido.

Após ser libertado pelos bandidos, o candidato foi à 1ª Central de Atendimento 24 horas da Polícia Civil, acompanhado por um representante estadual do partido Patriota, para prestar depoimento.

Em seguida, o candidato foi conduzido ao IML de Palmas para fazer exame de corpo e delito. O celular foi entregue para a perícia e, de acordo com a Polícia Civil, será aberta uma linha de investigação para apurar o caso. As movimentações bancárias e câmeras de segurança das proximidades serão analisados para que os responsáveis sejam identificados e punidos.

O presidente estadual do Patriota, Walison Silva, afirmou que o partido espera que os criminosos sejam punidos. “Acreditamos no trabalho da polícia”, disse.

Notícias Relacionadas »
Comentários »