MENU

26/09/2022 às 20h03min - Atualizada em 26/09/2022 às 20h03min

Escola Municipal Afonso Pena é premiada em Olimpíada de Saúde e Meio Ambiente

Os estudantes disputarão a Etapa Nacional em dezembro de 2022 no Rio de Janeiro

Letícia Holanda - Ascom
O projeto premiado busca conhecer os benefícios da medicina do cerrado para as comunidades em que se tem o bioma - Foto: Divulgação
 
Fruto do projeto de ciências “Saberes do povo do povoado KM 1700 em Imperatriz/MA: consciência ambiental, medicina alternativa”, estudantes e professores da Escola Municipal Afonso Pena, na zona rural de Imperatriz, são premiados na Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), como destaque para o Nordeste I. O resultado foi da Etapa Regional da 11ª edição bianual de 2021-2022.

Vinculado ao programa Meu Ambiente da Secretaria Municipal de Educação (Semed), o projeto concorreu com 799 trabalhos, desenvolvidos por 273 escolas e mais de 13 mil estudantes de todo o país, com maior representatividade das instituições municipais, estaduais e federais. 

A comissão avaliadora se distribuiu em 6 coordenações olímpicas, pelo Centro-Oeste, Minas/Sul, Nordeste I, Nordeste II, Norte e Sudeste, para selecionar os 36 trabalhos premiados para etapa Nacional.

O projeto premiado busca compreender a função da medicina do cerrado para as comunidades em que o bioma se estabelece, a partir de práticas integrativas.

“É um reconhecimento do trabalho e esforço dos alunos da Educação de Jovens e Adultos e do professor de buscar fundamentos científicos fora da sala de aula, para compreender os saberes medicinais populares numa relação do uso sustentável do meio ambiente”, conta a coordenadora do projeto Giselia Alves.  

O coordenador do Programa Meu Ambiente, Geilson Reis, frisa que “foi realizado uma grande mobilização com formações para gestores pedagógicos e professores da rede municipal de educação, no incentivo para as escolas se inscrevessem na Olimpíada”.

O secretário de Educação, Jose Antonio Pereira, parabeniza os envolvidos no projeto e ressalta a importância dos investimentos na rede para alcançar conquistas como essa. “Estamos investindo em projetos e incentivado as escolas a desenvolverem trabalhos voltados para educação ambiental, para garantir conhecimento e reconhecimento como agora em eventos de nível nacional”.

Os alunos da Escola Afonso Pena disputarão a Etapa Nacional em dezembro de 2022, no Rio de Janeiro. Os 36 trabalhos selecionados concorrem nas modalidades de Produção Textual, Projeto de Ciências e Produção Audiovisual e nas categorias Ensino Médio e Ensino Fundamental

Notícias Relacionadas »
Comentários »