MENU

26/09/2022 às 19h53min - Atualizada em 26/09/2022 às 19h53min

“O trabalho precisa de renovação”

Coordenador da Fecoimp diz que edição 2022 superou expectativas; em 2023, evento será comandado por Sandro Mota. Leonardo Leocádio aproveita para agradecer apoio e a confiança dos Diretores da ACII, dos parceiros, dos colaboradores e dos patrocinadores da maior feira multissetorial do Estado do Maranhão

Raimundo Primeiro
Jornal O PROGRESSO
Leonardo Leocádio: “entrego a Coordenação da Fecoimp com a missão do dever cumprimento, agradecendo a confiança que sempre tive da Diretoria da Associação Comercial e Industrial de Imperatriz” - Foto: Comunicação ACII
 
A seguir, acompanhe a entrevista exclusiva concedida a O PROGRESSO pelo empresário Leonardo Leocádio, na manhã desta segunda-feira, 26 de setembro, falando, entre outros assuntos, sobre os motivos pelos quais decidiu deixar a Coordenação do evento.
  
O PROGRESSO – Qual o balanço da Fecoimp 2022?

LEONARDO LEOCÁDIO –
A feira foi encerrada sábado à noite. O balanço que já fazemos, entretanto, é que a edição 2022 conseguiu atender as nossas expectativas enquanto Diretoria. Nossa meta era conseguir cerca de 40 mil pessoas. Conseguimos. Na quinta-feira, dia de menor visitação, foi expressivo o número de visitantes, com os corredores do Centro de Convenções congestionados. 
Percorrendo os estandes, cerca de 70% dos expositores me informaram, a propósito, que foram surpreendidos pelo substancioso número de pessoas, na noite de quinta-feira. Portanto, nos dois últimos dias, sexta e sábado, foi bem maior o número de visitantes. Portanto, o balanço é positivo. Conseguimos receber 40 mil visitantes, durante os quatro dias de evento e, também, colocar, lá, no Centro de Convenções, 220 expositores


O PROGRESSO – Durante cerca de 10 anos, esteve no comando da Fecoimp. A próxima edição do evento não será mais coordenada por você. Com que espírito deixa a feira?

LEONARO LEOCÁDIO –
Muito feliz por ter recebido o convite, há 10 anos, das mãos do companheiro Jairo Almeida, durante a gestão do presidente Euclides Viêra. Ao longo da última década, aprendi bastante com os apoiadores, os patrocinadores, a imprensa, diretores, colaboradores da ACII e expositores. 
A ideia era melhorar, cada vez mais, profissionalizando e inovando a Fecoimp, sempre com o apoio das diretorias com as quais trabalhei. Conseguimos. A ideia de deixar a Coordenação da Fecoimp partiu de mim mesmo, por achar que todo trabalho precisa de renovação. Fiz o convite ao Sandro Mota, que aceitou o desafio. Não tenho dúvida, portanto, que ele fará um bom trabalho. Estaremos juntos, contribuindo, fazendo a coisa acontecer. A ideia é que o novo coordenador possa levar a sua “cara”, ou seja, o seu jeito de trabalho, para a Fecoimp.


O PROGRESSO – Quais os principais desafios enfrentados até aqui?

LEONARDO LEOCÁDIO
– Era sempre fazer uma feira melhor do que a outra, ou seja, inovar, portanto, a cada edição da Fecoimp. A inovação foi acontecendo. O primeiro passo, claro, foi profissionalizar os nossos colaboradores, a contratação dos parceiros responsáveis pelo processo de montagem da feira; os setores de Marketing e Comunicação e de Vendas, sempre viabilizando uma melhor Fecoimp, fazendo uma feira cada vez mais moderna, com temáticas que envolvessem a sociedade. 

O PROGRESSO – O que observa para a Fecoimp em relação ao de futuro, principalmente quando você deixa a feira realizada sob o tema “Histórias que inspiram o futuro”?

LEONARDO LEOCÁDIO –
Que a Fecoimp possa continuar valorizando o que aconteceu no passado, ou seja, nas edições anteriores. Que os esforços empreendidos pelos ex-presidentes da ACII, coordenadores, patrocinadores e a imprensa, sejam valorizados, pois eles que nos permitirão avançar para o futuro. Ou seja: a Associação Comercial e Industrial de Imperatriz é uma entidade que pensa sempre no depois de amanhã, lá na frente. Essas histórias, sem dúvida, precisam inspirar o futuro. Hoje, com a vigésima edição, estamos colhendo os frutos plantados no passado. Que a ACII continue realizando excelentes feiras, com base nas ações que foram plantadas no passado.

O PROGRESSO – Os esforços valeram a pena? As noites em claro, planejando...

LEONARDO LEOCÁDIO –
Sim. No final da última noite, sábado, por volta da meia-noite, nos reunimos, lá no Centro de Convenções, Diretoria, com toda a nossa equipe de colaboradores, liderada pela Jaydelice Leles, nossa diretora executiva, e o Daniel, há quase 30 anos trabalhando na ACII, e agradecemos a Deus por termos realizados mais uma brilhante feira. Também agradecemos os apoiadores e os colaboradores, além do presidente João Lira, da atual Diretoria, do Conselho da Mulher Empresária e do Conselho de Jovens Empresários, pela confiança, nos dando “carta branca” para inovar e fazer uma feira bonita. Valerem, sim, as noites em claro. Sempre lembrando que são três etapas: a pré-feira, a realização e a pós-feira. Já vamos começar, com o Sandro Mota, a preparação relacionada a 21ª Fecoimp, ouvindo os patrocinadores e os expositores.

O PROGRESSO – Mensagem que deixa para os expositores e, claro, a diretoria da ACII?

LEONARDO LEOCÁDIO –
De gratidão, por mais uma, a confiança de todos, para coordenação da maior feita multissetorial do Maranhão. As histórias podem e continuarão inspirando.

Notícias Relacionadas »
Comentários »