MENU

25/09/2022 às 21h18min - Atualizada em 25/09/2022 às 21h18min

Imponente Palmeiras derrota o Corinthians e é campeão do Brasileirão Sub-20 2022

Fora de casa, Verdão faz 1 a 0 com Endrick e levanta a taça pela segunda vez na história

Imprensa (CBF)
Palmeiras, campeão do Brasileirão Sub-20 2022 Créditos: Thais Magalhães/CBF

   
Neste domingo (25), o Palmeiras derrotou o Corinthians por 1 a 0 e se sagrou campeão do Brasileirão Sub-20 2022, na Neo Química Arena, em São Paulo (SP). O gol da partida e do título foi marcado por Endrick, aos 18 minutos do segundo tempo.

Com a conquista, o Palmeiras levantou pela segunda vez em sua história a taça do Brasileirão Sub-20. A base alviverde foi campeã do torneio em 2018. O título dá ao clube uma vaga na Supercopa do Brasil Sub-20, que reúne os campeões do Brasileirão e da Copa do Brasil da categoria.

"O Palmeiras aprendeu a trabalhar com excelência na base. A tendência é que continuemos revelando e conquistando, porque essas duas coisas para mim estão interligadas. Se você forma bem, naturalmente as conquistas irão aparecer", disse o técnico Paulo Victor após o título.

Endrick comemora mais um título do Palmeiras na base em 2022 - Créditos: Thais Magalhães/CBF

O jogo

Com a torcida a seu favor, o Corinthians partiu para cima logo no início da partida. Os gritos que vinham da arquibancada se transformavam em ataques perigosos do Timão, que criou bem com o capitão Matheus Araújo. Aos poucos, porém, o Palmeiras foi se encaixando no jogo. Principal alvo das jogadas ofensivas, Endrick era muito bem marcado pelo Corinthians, que não dava espaço ao atacante.

Em uma das jogadas, o Timão chegou a acertar a trave do goleiro Kaique, mas os dois times terminaram o primeiro tempo sem alterar o marcador. Na segunda etapa, o cenário da partida mudou. O Palmeiras voltou bem melhor e começou a criar oportunidades. Em uma delas, aos 18 minutos, Endrick finalizou de fora da área e fez o primeiro gol do jogo.

O Corinthians foi em busca do empate, e ganhou fôlego após a expulsão de Ian, aos 32 minutos do segundo tempo. Logo após ficar com um a mais, o técnico Danilo Andrade chamou Biro, sua última cartada pelo gol salvador. A substituição quase deu certo. Já nos acréscimos, o meia aproveitou ótimo lançamento de Wesley para balançar as redes, mas teve o gol anulado por impedimento.
 


Notícias Relacionadas »
Comentários »