MENU

21/09/2022 às 22h56min - Atualizada em 21/09/2022 às 22h56min

Maranhão encara o Sabiá no Nhozinhos Santos

Bode Gregório pode voltar à elite depois de dois anos amargado a segunda divisão

Dema de Oliveira
Treinador Zé Augusto não atrela o jogo de hoje à campanha da primeira fase - Foto: Divulgação
 
O Maranhão está a um empate de garantir o retorno à elite do futebol maranhense. Nesta quinta-feira, enfrenta o Sabiá, no jogo da volta das semifinais da Série B do Maranhense. A bola rola às 15h30, no Nhozinhos Santos.

O técnico Zé Augusto projeta a partida contra o Sabiá, sem atrelar a campanha da primeira fase e o resultado construído no primeiro confronto diante do time caxiense. Segundo ele, a história começa a ser contada a partir desta quinta-feira, já que um revés diante do Sabiá, pode apagar o que foi construído até aqui na competição.

- Tudo que a gente construiu de resultado, vitórias e classificação já passou. O jogo é esse desta quinta-feira, com a história sendo contada a partir desse duelo. Um resultado ruim, adverso, apaga tudo aquilo que a gente fez. Temos que ter a cabeça no lugar, para poder concretizar essa vota do Maranhão à Série A, de onde o clube jamais deveria ter saído - destacou o treinador.

Além do empate, o Bode Gregório também pode perder por um gol de diferença, que mesmo assim, continua com a vaga na Série A do Maranhense no ano que vem e a na final da Segundinha.

O Bode Gregório pode voltar a elite do futebol maranhense, depois de dois anos amargando a segunda divisão. Ano passado, perdeu para o Cordino na semifinal.

O time que vai sair jogando hoje contra o Sabiá é o mesmo que iniciou a partida de domingo passado no Duque de Caxias, em Caxias, na partida de ida.

Notícias Relacionadas »
Comentários »