MENU

21/09/2022 às 20h07min - Atualizada em 21/09/2022 às 20h07min

Fé e emoção marcam Círio de Nazaré 2022

Devotos de várias cidades prestigiam acontecimento, movimentando procissões

Raimundo Primeiro
Dom Francisco Lima Soares: bênçãos finais - Foto: João Maurício Martins
 
MONTES ALTOS – Em reportagem exclusiva à O PROGRESSO, o padre Luzimar Moura da Luz avalia positivamente os resultados da segunda edição do Círio de Nossa Senhora de Nazaré de Montes Altos, encerrado na noite de domingo, 11 de setembro, com missa campal celebrada em frente à Igreja Matriz de Nossa Senhora de Santana, presidida por dom Francisco Lima Soares, bispo da Diocese de Carolina, a qual o município, distante 65 quilômetros de Imperatriz, é jurisdicionado.

Desde a noite de domingo, 04/09, início das atividades, diversas manifestações de fé marcaram o evento, com devotos de Nossa Senhora, vindos de vários municípios da região, prestigiando o Círio de Nossa Senhora de Nazaré de Montes Altos.

CONVIDADO
O padre Giovanni Maria Incampo, da Basílica de Nazaré, em Belém do Pará, participou, a convite da Comissão Organizadora, da programação final do Círio de Nazaré de Montes Altos.

“A fé, do povo aqui de Montes Altos, em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré, é uma herança sagrada, belíssima, da Basílica de Nazaré, em Belém, a exemplo do que acontece quando a imagem passa pelas comunidades”, comentou o religioso, acrescentando que “nossa Senhora não decepciona ninguém”. 

Padre Giovanni Maria fez questão de frisar sobre a importância da manifestação acontecer fora de Belém do Pará. O cartaz da 230ª edição do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, a ser realizado em outubro de 2022, tem como tema “Maria, Mãe e Mestra”. 

“Muito importante, tendo em vista Nossa Senhora ser mãe de Jesus, o salvador de todos os homens espalhados pelo mundo inteiro. Faz parte da cultura, da caminhada humana”, complementou.

Emoção: devotos participam de procissões
Devoção e emoção marcaram o Círio de Nossa Senhora de Nazaré de Montes Altos agora em 2022, com os devotos indo as ruas e, assim, manifestando o carinho que têm para com a santa.
 
Dona Maria Francisca, 73 anos, residente no Povoado Firmeza, afirmou: “estou muito feliz, participar do Círio de Nazaré, em Montes Altos, tem sido marcante para mim”. Pensamento compartilhado pelo senhor Luís Carlos Alves de Sousa, 60 anos, há 56, morador no vizinho município. “Um acontecimento cheio de emoções”.

O advogado Ulysses Sousa, de família tradicional na cidade, acompanhou as procissões das Luzes, realizada na noite de sábado, e do Círio de Nazaré, na noite de domingo, ao lado da esposa, a professora Maria de Lourdes, além da missa, em frente à Igreja Matriz, que recebeu significativo público.

BÊNÇÃOS – Um dos momentos mais marcantes da noite de encerramento do Círio de Nossa Senhora de Nazaré de Montes Altos, foi quando o boiadeiro João Costa e a esposa, Dávila Santos, levaram a filha, Maria Helena, de 6 meses, caracterizada de anjinho, até ao altar, para receber as bênçãos, em reconhecimento a uma intervenção, segundo eles, de Nossa Senhora de Nazaré.

Durante alguns dias, Maria Helena teve de ficar internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em decorrência de uma pneumonia, chegando a ser entubada. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »