MENU

20/09/2022 às 15h08min - Atualizada em 21/09/2022 às 00h01min

“Conta Aí”, projeto que leva educação financeira para jovens e crianças, marca presença na FLIM 2022

Idealizado pela DM, os livros mostraram ao público infantojuvenil como lidar com o dinheiro; evento aconteceu entre 15 e 18 de setembro

SALA DA NOTÍCIA Victor Hugo Felix

Um dos principais festivais do interior do estado de São Paulo, a FLIM (Festa Literomusical de São José dos Campos) chegou à sua oitava edição. Entre os dias 15 e 18 de setembro, o Parque Vicentina Aranha recebeu o evento com grandes shows, mesas literárias, atrações infantojuvenis, lançamento de livros de escritores da região, intervenções artísticas e gastronomia. A DM, empresa que há 20 anos atua com crédito e serviços financeiros, além de ser uma das patrocinadoras, participou do evento com o “Conta Aí”, um projeto de seis livros infanto-juvenis para incentivar as crianças e jovens a construírem uma relação saudável com o dinheiro. A série foi desenvolvida em parceria com a 2112Lab. 

Na trama escrita por Estefânia Andrade e ilustrada por Ana Baccaro, um menino de 12 anos, Cauã, gosta de futebol e skate, e quer ter um celular ‘bom’, daqueles em que é possível assistir a séries e jogar on-line sem travar. Surge então uma oportunidade imperdível: um concurso municipal com o tema educação financeira. O prêmio? Um celular de última geração. Assim, o jovem inicia seu projeto sobre o assunto para ganhar o tão desejado prêmio. De maneira leve e didática, os livros mostram aos jovens como lidar com o dinheiro. 

Além de estarem nas salas de aula de escolas públicas da região como atividade extracurricular, os livros estão disponíveis para download no site do projeto para que o público da FLIM 2022 pudesse ter contato com o universo financeiro explicado para jovens e crianças. “Tivemos um espaço fixo durante os quatro dias de evento para fotos com os personagens, atividades para colorir e contação de história. No domingo, dia 18, contamos com a presença, da autora Estefânia e da ilustradora, Ana. Já no Espaço Flamboyant, contamos histórias na sexta e no domingo, fazendo parte da programação infantil da feira”, revela Sandra Castello, diretora de Marketing e Pessoas da DM. 

Com um cenário onde o percentual de brasileiros com dívidas é o maior em dez anos, construir uma boa relação com o dinheiro desde cedo pode ser fundamental para as próximas gerações. A cada dez famílias brasileiras, oito estão endividadas, de acordo uma pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, realizada em julho.  “Quando há um desequilíbrio entre o que entra e o que sai no orçamento de casa, é preciso ficar alerta. Hoje, após a pandemia aprofundar as desigualdades e com a inflação alta, o contexto é ainda mais cruel com quem ganha menos”, diz Sandra.

Para a executiva, ainda que o fator econômico externo seja desfavorável, quando a educação financeira é ensinada, lidar com essas situações torna-se um processo menos penoso. “Estar endividado não precisa ser motivo de vergonha - essa é a realidade de muitos brasileiros. Porém, nós da DM, queremos levar um maior entendimento sobre dinheiro para quem ainda tem pouco acesso a esse tipo de educação”, comenta Sandra. Para que no futuro esse cenário seja diferente, o “Conta Aí” entra em cena. 

A maior de todas as edições

Ao longo de sete edições, a FLIM já envolveu 217 escritores convidados, entre nomes nacionais e internacionais, realizou 48 mesas literárias, promoveu 27 shows musicais com grandes nomes da música brasileira, realizou 232 ações na sua programação paralela entre oficinas, teatro, atrações infantis e de fomento à literatura, impactando ao longo de sua trajetória mais de 150.000 pessoas.

Entre os destaques da programação deste ano foram nomes como Arnaldo Antunes, Maria Gadú e Paulo Miklos, entre outros convidados de renome do cenário artístico-cultural e socioambiental. A FLIM 2022 é uma realização do Ministério do Turismo e da Secretaria Especial da Cultura, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, da Prefeitura de São José dos Campos e da AFAC – Organização Social de Cultura.

Sobre a DM

Fundada em 2002, a DM se consolidou no mercado como a maior gestora de cartões de loja (private label) para supermercado. Hoje é uma prestadora de serviços financeiros, com foco na democratização do acesso ao crédito no Brasil. Já está na marca de 5 milhões de cartões emitidos e 1,1 milhão de clientes ativos. Por meio dos cartões private label, a empresa está presente em quase 4 mil pontos de venda. Além disso, conta também com cartões de crédito com bandeira Mastercard, o aplicativo DM App para gestão de cartões e de conta digital, oferta de microcrédito, dentre outros serviços.


Notícias Relacionadas »
Comentários »