MENU

20/09/2022 às 22h41min - Atualizada em 20/09/2022 às 22h41min

Sampaio terá sequência difícil no Brasileirão e liga sinal de alerta

Um desfalque para o jogo contra o Náutico já é certo; Mateusinho recebeu o terceiro amarelo e cumprirá automática

Neres Pinto
Mateusinho vai cumprir suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo recebido contra o Criciúma - Foto: Ronald Felipe/SCFC
 
Depois de desperdiçar uma boa chance para subir na tabela de classificação da Série B do Brasileiro, ao empatar com o Criciúma-SC na noite do último sábado (17), no Castelão, o Sampaio Corrêa terá uma sequência bastante desafiadora nos próximos jogos.

Estacionado nos 12 pontos, o Tricolor deverá enfrentar três adversários bastante difíceis ao mesmo tempo em que ficará “de olho no retrovisor”, pois logo abaixo estão equipes brigando para sair da zona de risco do rebaixamento.

O próximo jogo (31ª rodada) será diante do Náutico, na próxima sexta-feira (23), às 19h, em Recife. O time pernambucano ocupa a última posição, luta para ainda conseguir escapar da degola e encara a disputa como uma autêntica decisão.

No primeiro turno, o Timbu foi derrotado em São Luís e agora terá a oportunidade de devolver o revés. Na última apresentação, o time pernambucano foi goleado por 4 a 1 pelo Vasco da Gama, no Estádio São Januário, e agora vai para o tudo ou nada e encara este jogo vale como uma decisão.

Na sequência, o Tricolor volta a São Luís para receber o Grêmio-RS. A equipe gaúcha é a terceira colocada, com 50 pontos, vem de uma derrota para o Novorizontino, no interior paulista, por 2 a 0, e chega disposto a conseguir a reabilitação.

O time comandado por Renato Gaúcho, apesar de estar no G4, tem oscilado bastante, principalmente quando atua fora de casa, mas vem disposto a consolidar sua corrida pela volta à divisão de elite.

Na 33ª rodada, no dia 3 de outubro, o Sampaio volta a jogar no Castelão, desta vez diante da Ponte Preta-SP, que na rodada anterior empatou fora de casa com o Ituano, equipe de melhor campanha no 2º turno, por 1 a 1.

No primeiro turno, jogando em Campinas, os tricolores empataram com a Macaca. Com 40 pontos, o time paulista encerrou a rodada do último fim de semana na 10ª posição.

Cálculos
Para permanecer na Série B do Brasileiro em 2023, o representante maranhense precisa fazer um mínimo de 45 pontos. Com 38, calcula duas vitórias e um empate nos próximos três jogos a fim de praticamente se garantir na segundona. Caso não atinja seu objetivo, corre o risco de ser ameaçado por Novorizontino (36) e Chapecoense (35).

Se o Sampaio não vencer seus três próximos jogos, também pode ser ameaçado até pelo CSA, primeira equipe da zona de rebaixamento, que tem 32 pontos. O time alagoano jogará duas partidas seguidas, em Maceió, contra o Tombense, no dia 26, e Guarani-SP, dia 30 deste mês. Depois vai a Porto Alegre enfrentar o Grêmio, mas no dia 10 joga em casa, exatamente contra o Tricolor maranhense.

Para a partida contra o Náutico, o Sampaio não terá o lateral-direito Mateusinho, que recebeu o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Criciúma. O zagueiro Paulo Sérgio saiu lesionado no jogo com o Criciúma, porém, ainda há tempo de uma recuperação.

Notícias Relacionadas »
Comentários »