MENU

19/09/2022 às 19h54min - Atualizada em 19/09/2022 às 19h54min

X Romaria da Juventude realizada com sucesso em Carolina

João Rodrigues
Carolina parou para receber a X Romaria da Juventude no fim de Semana - Fotos: Mauricio Martins
 
CAROLINA – Milhares de jovens provenientes de 12 dioceses que integram o Regional Nordeste V da Conferência Nacional de Bispos do Brasil (CNBB), participaram no último fim de semana (dias 17 e 18) da X Romaria da Juventude, na cidade de Carolina, no Sul do Estado do Maranhão.

O evento que é realizado de três em três anos havia sido suspenso em razão da pandemia e voltou fortalecido. A organização e o Corpo de Bombeiros estimam que mais de 20 mil pessoas participaram do evento, número que impressionou, pois na caminhada um mar de gente animada a perder de vista tomou conta de ruas e avenidas de Carolina.

A abertura oficial da romaria que teve o tema “Juventudes: nosso grito é por trabalho e vida”, foi na noite de sábado (17), com a celebração de uma Missa para uma multidão na praça da igreja matriz de São Pedro Alcântara.

A missa teve momentos emocionantes como aquele em que um dos organizadores, ao microfone, indagaram sobre as vidas de jovens pejoteiros ou não.

“Até quando perderemos Marias, Joãos, Marias e José para a violência? Até quando perderemos os vários Tiagos, Marcos, Paulas para as drogas? Até quando juventude? É preciso ecoar o grito da vida, porque no percurso histórico e social que insiste em desviar o caminho missionário do jovem, é cada vez mais perceptível e que a juventude insiste em se mostrar”, diz trecho da mensagem lida por Michele Gonçalves, secretária nacional da Pastoral da Juventude acrescentando que os jovens são “símbolo de força, virtude e renovação. E somos chamados a sermos cada vez mais protagonistas e construtores de uma nova história, trazida no coração, as lutas, a coragem e determinação e tudo que possa ser combustível para a realização de uma sociedade justa que se espalhe com amor respeito e valorização a vida de cada pessoa(...).  Os participantes acompanharem a fala com velas acesas representando a luz que faz a diferença no mundo.

Grupos de jovens com estandartes das dioceses passaram por um corredor aberto no meio da multidão. O bispo celebrante da Missa, dom Vilson Basso, que integra a coordenação do evento, pediu que todos os bispos presentes se apresentassem brevemente.

A Missa foi longa, mas ninguém reclamou. Após a celebração Dom Vilson, ainda, presidiu a solenidade de consagração à Nossa Senhora. Em seguida, interagiu com o público e até mostrou que o Papa Francisco havia enviado uma mensagem para a juventude maranhense.

Apresentações e caminhada. - A programação entrou pela madrugada e só terminou pela manhã. A meia noite de sábado para domingo teve a adoração e depois jovens se alternaram no palco com apresentações artísticas, Dança Portuguesa, musicais  etc. Padres, um deles um padre Dj animaram a juventude.

“O pessoal teve pique até de manhã na praça e saíram de lá direto para a caminhada que é a romaria”, disse Adão Moura que integra a equipe de comunicação do evento.

A caminhada, que na prática é a romaria, teve início por volta das 6h de domingo e percorreu aproximadamente 8 km de ruas e avenidas da cidade.

 Um carro de som e três trios elétricos animaram os jovens que seguiam cantando o hino da Pastoral da Juventude entre outros e fazendo a oração do Pai Nosso e Ave- Maria.

Dentre os participantes estava o grupo de Júnior Vaz, de Canaã dos Carajás, da Diocese de Marabá (PA), que carregava um cartaz com uma foto de Lorena Lima, uma integrante da PJ brutalmente assassinada no Pará. Ela era de Caxias-MA.

Equipes da Polícia Militar fizeram o bloqueio do trânsito para a passagem dos jovens, assim como estavam presentes equipes do Corpo de Bombeiros e ambulâncias do SAMU. O único incidente que aconteceu foi uma participante que desmaiou durante a caminhada e foi socorrida pelo SAMU imediatamente, sem maiores consequências.

No retorno a praça, padres e bispos reunidos no palco acompanharam atentamente com a multidão a divulgação a diocese que vai receber a próxima Romaria da Juventude, daqui a três anos: será a Diocese de Brejo, na Região do Alto Parnaiba. Dom Francisco Lima, bispo da Diocese de Carolina, deu a benção final e de envio das caravanas.

“A missão foi cumprida. Nós pensamos em realizar esse evento e evento que reúne mais de 20 mil pessoas é sempre im evento que requer grandes organizações, então me preocupou muito. Passamos um mês e meio preparando e valeu a pena, Deus foi generoso para com a Carolina, a cidade, com o povo e a organização”, avaliou Dom Francisco Lima.

“Agora a gente quer dizer que a vida continua. A gente sai daqui com mais esperança, mais fé para levar isso também a tantos jovens que precisam desse nosso testemunho, dessa nossa esperança, Que Deus abençoe a juventude e que a semente plantada dê muitos frutos”, ressaltou dom Vilson Basso.

Notícias Relacionadas »
Comentários »