MENU

19/09/2022 às 19h42min - Atualizada em 19/09/2022 às 19h42min

Três homicídios registrados entre sábado e segunda-feira em Imperatriz

Agora já são 6 casos nesse mês de setembro e 71 de janeiro até hoje

Dema de Oliveira
Jornal O PROGRESSO
Fernando Dutra, Eliezer Romão e Ianderson Santos, foram as vítimas entre sábado e segunda-feira - Fotos: Divulgação
 
Depois de uma certa calmaria, porque anteriormente apenas três casos haviam sido ocorridos, Imperatriz voltou a registrar casos de homicídios, sendo que entre sábado (17) e segunda-feira (19), foram registrados três casos. Agora já são 6 nesse mês de setembro e 71 de janeiro até esta terça-feira. 

No sábado, Fernando Dutra Barbosa, 24 anos, foi alvejado com um tiro quando se encontrava em uma residência na Rua Guarani, Vila Redenção II. Ele foi atingido por tiro disparado por um indivíduo, que chegou ao local em uma motocicleta, se aproximou dele e efetuou o disparo, Fernando Dutra Barbosa, que estava acompanhado do pai, foi socorrido, mas não resistiu e morreu neste domingo (18). Segundo o que já foi apurado, Fernando tinha passagem pelo sistema prisional e a polícia apura se esse crime tem relação com eventual crime que ele tenha cometido anteriormente. 

O segundo caso teve como vítima Eliezer da Silva Romão, 45 anos, que foi assassinado a tiros em cima de uma ponte, na Vila Vitória. Eliezer foi assassinado dentro de uma caminhonete que ele conduzia. Segundo o que se apurou até agora sobre esse crime, Eliezer, que era vendedor de lanches na Praça de Fátima, tinha deixado a esposa em Cidelândia, onde reside a sogra, e voltou para Imperatriz e foi para a Vila Vitória. Naquele bairro, ele estava em um bar e antes de sair, tinha mantido contato com algumas pessoas. Quando saiu do bar, foi surpreendido por disparos, um deles a queima roupa, com tiros disparados por pistola. A equipe de investigadores está trabalhando no sentido de esclarecer o perfil do Eliezer, já que se sabe apenas que ele era vendedor de lanches. Os policiais estão buscando a dinâmica do crime, para que possa saber o que realmente motivou esse crime, tendo em vista que pelos levantamentos feitos, Eliezer não tinha passagem pelo Sistema Prisional.

O terceiro homicídio aconteceu já nesta segunda-feira (19), tendo como vítima Ianderson de Oliveira Santos, 23 anos. Ianderson foi assassinado com um tiro na cabeça, na Rua Nove, Parque São José, próximo ao Colégio Darcy Ribeiro, fato ocorrido na madrugada de ontem. Ianderson tinha duas passagens pelo Sistema Prisional, e já tinha sido sofrido uma tentativa de homicídio. 

Todas as informações foram passadas a reportagem de O PROGRESSO pelo delegado Praxisteles Martins, titular da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Os três casos estão sendo investigados pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), mas até o fechamento dessa edição, ninguém tinha sido preso.  

Notícias Relacionadas »
Comentários »