MENU

17/09/2022 às 09h10min - Atualizada em 17/09/2022 às 09h10min

Soraya diz que manterá tributos federais só na importação e exportação

Em evento para engenheiros, em São Paulo, Soraya Thronicke disse ser favorável a inclusão, em edital de serviços, um seguro que garanta a entrega da obra no tempo contratado.

Pedro Peduzzi
Agência Brasil - Brasília
Candidata promete isentar professores e trabalhadores do IR - Foto: Reprodução

  
A candidata à Presidência da República Soraya Thronicke disse, hoje (16), que, entre os tributos federais, só vai manter os que incidem sobre importação, exportação e o imposto de renda. Esse último, no entanto, não será cobrado de professores e de trabalhadores com ganhos de até cinco salários mínimos.

A promessa foi feita durante o evento organizado pelo Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo.

A candidata pelo União Brasil defendeu o uso da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) - no caso a TV Brasil - como ferramenta de educação. Ela disse que o uso do veículo público poderia ter ajudado a amenizar os problemas causados pela pandemia aos estudantes brasileiros, em especial os que não têm acesso à internet, para assistirem aulas à distância.

“A exemplo do que foi feito [com os veículos de mídia pública] em outros países, como Portugal, a EBC poderia ter sido utilizada para dar aulas aos brasileiros”, defendeu Soraya.

Sobre os planos para a área econômica, Soraya reiterou que, dos tributos federais, só manterá aqueles que incidem sobre importação, exportação e sobre o imposto de renda, que, segundo ela, “deixará de ser cobrado de professores e de pessoas que recebam até cinco salários mínimos”.

Dirigindo-se aos engenheiros presentes no evento, disse ser favorável a uma lei de licitações similar à aplicada em outros países, que incluem, no edital, um seguro que garanta a entrega da obra no tempo contratado.


Notícias Relacionadas »
Comentários »