MENU

14/09/2022 às 22h30min - Atualizada em 14/09/2022 às 22h30min

Fábio Cadasso e João Afro celebram pódio na categoria Pró Brasil no 30º Rally dos Sertões

Únicos representantes maranhenses (na categoria Carros) encerraram o maior rali do mundo conquistando a 4ª posição, após mais de 7.200 km e desbravar as cinco regiões do país em 14 dias

Assessoria
Piloto Fábio Cadasso e navegador João Afro - Foto: Divulgação/Maranhão Rally
 
A edição de 30 anos do Rally dos Sertões ficará marcada na história da dupla maranhense, formada pelo piloto Fábio Cadasso e navegador João Afro, que foram à exaustão e testaram seus limites e o das máquinas durante 14 dias.

Os únicos representantes maranhenses, na categoria Carros, encerraram o maior rali do mundo com pódio, conquistando a 4ª posição na Pró Brasil. Essa é a quinta vez que a dupla sobe ao pódio, representando o Maranhão no Rally do Sertões.

Após mais de 7.200 km e desbravar as cinco regiões do país em 14 dias, a competição que começou no dia 26 de agosto em Foz do Iguaçu (PR) terminou no dia 10 de setembro nas areias de Salinópolis, no Pará.

Já a outra dupla maranhense, piloto Geraldo Filho e navegador Artur Carvalho, Equipe Maranhão Racing, abandonaram a prova na 8° etapa - de Palmas a Mateiros (Tocantins). O UTV da dupla teve problemas na suspensão. Eles foram P1, ou seja líderes, em três etapas na categoria UTV 3.

Único piloto a competir em todas as modalidades do Sertões (motos, quadris, UTVs, carros e caminhões), Fábio Cadasso, da equipe Cadasso Racing, destaca que ter o carro preparado no Maranhão fez toda a diferença para subir ao pódio no Rally.

“Para nós ter um carro totalmente preparado no Maranhão com o apoio dos nossos patrocinadores, em especial Grupo Mateus e Governo do Estado, fez a diferença e conquistamos esse 4º lugar que foi muito significativo para nós e para nosso estado”, afirmou.

Em sua 7ª participação na prova, o navegador João Afro explica os perrengues de uma edição longa que cruzou oito estados por cinco regiões do país.

“O Sertões 30 anos teve várias adversidades não somente do dia a dia da prova, mas também para reposição de peças, afinal foram 14 dias e isso também nos prejudicou. Mas nossa equipe de apoio foi exemplar, sempre deixou o carro pronto para largamos. Fomos recuperando posições, poupando o equipamento para chegarmos a Salinópolis e no pódio. Estamos muito felizes”, declarou.

A dupla chegou a liderar na Pró Brasil no acumulado na 3ª etapa. Mas a partir da 4ª etapa enfrentou problemas mecânicos e com os pneus, o que complicou o desempenho e perdeu posições na classificação acumulada por não ter completado algumas Especiais. Desde a largada em Palmas (TO), em 4/9, Cadasso/Afro também competiram pelo Sertões Norte (sete etapas entre Palmas e Salinópolis/PA).

Resultado Final – Sertões Norte 2022

Categoria Pró Brasil (Sertões Norte)

1) #371 Cristiano Rocha/Anderson Geraldi – 31h49m03s
2) #336 Otávio Enz/ Rodrigo Khezan – 33h55m37s
3) #338 Diogo Nasser/Amaury Fonseca – 38h41m47s
4) #342 Fábio Cadasso/João Afro – 46h11m35s
5) #352 Bartolomeu Nunes/Luan Dutra – 60h40m00s

Notícias Relacionadas »
Comentários »