MENU

06/09/2022 às 16h04min - Atualizada em 09/09/2022 às 00h00min

Independência 200 anos: monumentos históricos ganham vida em aplicativo com Realidade Aumentada

Parceria entre a Literatura Postal e a RD3 Digital traz, em fotos e maquetes, conteúdo voltado para o aprendizado histórico

SALA DA NOTÍCIA André Coutinho
WGO Comunicação
Reprodução
Setembro, 2022 – A comemoração do bicentenário da Independência do Brasil é um marco relevante para o contexto sociopolítico do país, com uma história rica e patrimônios que rememoram o passado, influenciando também o futuro. E não deixar a história se perder é um dos grandes desafios da atualidade. Tal sentimento é compartilhado também por uma parceria entre o Literatura Postal, núcleo vinculado aos Ciclistas Bonequeiros, contemplados pelo Proac Independência em 2021 (um dos maiores editais da Cultura do país), e a RD3 Digital, uma das referências do Brasil em Realidade Aumentada (RA), que desenvolveram um aplicativo trazendo um conteúdo precioso sobre a data.

Na escola, aprendemos sobre o processo que levou até o dia 7 de setembro de 1822 e o grito de “Independência ou morte” de Dom Pedro I, às margens do Rio Ipiranga, além dos anos de escravidão que ainda assolavam o país. A verdade é que tudo isso deixou um enorme legado, em forma de livros, obras e monumentos, que nos permitem entender um pouco mais sobre o momento. Contar histórias é justamente o foco da Literatura Postal, projeto que traz contos em Realidade Aumentada que podem ser acessados através de postais.

Com essa finalidade, o aplicativo “Patrimônios da Independência” foi planejado e construído. Nele, é contada a história de cinco patrimônios históricos que trazem referência à Independência, de forma lúdica e focada no visual, não apenas no textual. O usuário pode aprender tudo sobre a Casa do Grito, Monumento à Independência, Quilombo dos Palmares, Solar da Marquesa e Museu do Ipiranga, sendo que os últimos dois trazem a opção de serem visualizados em uma maquete 3D em Realidade Aumentada, com extrema fidelidade, alcançada após aprofundadas pesquisas. Além disso, todos eles possuem textos críticos, fotos históricas e da atualidade, além de vídeo explicativo e o endereço.

Gratuito, o app pode ser encontrado tanto na Play Store (Android) como na Apple Store (iOS) e funciona bem mesmo em aparelhos menos potentes. “Com o advento da tecnologia nos últimos anos e a presença cada vez maior dela no dia a dia, principalmente na educação, a ferramenta se torna uma importante opção para instigar a curiosidade dos estudantes e atrair sua atenção para aprender, saindo do tradicional. Com incentivos visuais e podendo interagir com o conteúdo, a expectativa é de que o app consiga prender a atenção para o conhecimento a ser adquirido”, detalha Raphael Magri, sócio da RD3 Digital.

“A realidade aumentada é uma ponte para o aprendizado. Partimos de ilustrações e maquetes estáticas e, ao apontar um celular ou tablet, a imagem se transforma em um universo com trilha, animação, objetos modelados em 3D. Pelo que apresentamos circulando em escolas, sabemos que o projeto é impactante, sempre com um grito de surpresa de uma criança ou uma pessoa mais velha (inclusive professor) admirada com o alcance da tecnologia graças ao toque de mágica que a realidade aumentada traz. Conseguimos, assim, levar os patrimônios a diversos locais e bairros, falando sobre a importância deles para o Brasil, o papel do Quilombo dos Palmares e a necessidade de sabermos da nossa história como construção de um povo”, comenta Gustavo Guimarães Gonçalves, fundador do Literatura Postal e Ciclistas Bonequeiros.

Para celebrar os 200 anos da Independência, o Literatura Postal estará em uma exposição exclusiva em sua própria sede, que fica no centro cultural Vila Itororó, na Rua Martiniano de Carvalho, 267.  Secretaria ainda promoverá uma exposição, entre os dias 6 (terça-feira) e 7 (dia da Independência). Nela, serão exploradas todas as histórias dos monumentos, com interação em Realidade Aumentada, que podem ser ativadas por meio dos postais instalados no local.

Sobre a RD3 Digital
A RD3 Digital é uma das empresas pioneiras em realidade aumentada e virtual no Brasil. Fundada em 2013 pelo Game Designer José Roberto Tostes e pelo publicitário Raphael Magri, conta atualmente com uma equipe de 20 programadores criativos que trabalham em sua sede na cidade de São Paulo. 
Prezando sempre pela segurança e resultados, e comprometida com prazos e entrega de excelência, a empresa trabalha com portfólio com diferentes aplicações e possibilidades (eventos, ativação em produtos, jogos interativos, RA em catálogos impressos, endomarketing e treinamentos e tour virtual 360º) e desenvolve, para cada projeto, um app exclusivo, com a guideline da respectiva marca. A RD3 ainda foi responsável pelo desenvolvimento do primeiro aplicativo mobile de realidade aumentada para o consumidor final do mercado imobiliário nacional e conta com uma vasta carteira de clientes, como Coca-Cola, Sanofi, Gerdal, Natura, BMW, Unilever, Bayer, Ipiranga, Pepsico, Samsung SDS, Panasonic, O Boticário e Galderma.
Notícias Relacionadas »
Comentários »