MENU

03/09/2022 às 20h10min - Atualizada em 03/09/2022 às 20h10min

Livros & Leitura

Leia e comente.

Da Redação
GB Edições

Cuidado com o Vão

Um mundo paralelo se passa embaixo da terra sem que notemos sua existência. Ele é formado por trens de metrô, seus quilômetros de trilhos e suas estações, as portas de entrada e saída das pessoas em trânsito. Modalidade de transporte público essencial em megalópoles como Nova York, Tóquio e São Paulo, é também um mundo em suspensão, que parece correr paralelo ao que se passa na superfície. Foi desse imaginário que o jornalista e escritor Igor Ribeiro deu vida a “Cuidado com o Vão”, uma ficção que narra o (des)encontro de diversos personagens, cada um em sua jornada pessoal. “Cuidado com o Vão” foi lançado pela Editora Ases da Literatura e questiona o deslocamento das pessoas na cidade. Tanto do ponto de vista literal, já que o metrô é o cenário principal por onde essas histórias se deslocam, como metaforicamente, pois são personagens repletos de conflitos, em busca de um lugar na sociedade. Mesmo tão diferentes entre si, são pessoas com ansiedades parecidas e, não raro, caminhos em comum. “Cuidado com o Vão” tem como protagonistas Reinaldo, Giovani, Alfa, Nádia, Diego e Jean, personagens perdidos na vida, em busca de respostas para anseios internos — buscas particulares que nem sempre se influenciam, mas sempre se cruzam. Ribeiro é capaz de nos transportar para o cenário do livro, sentimo-nos presentes nas estações e situações narradas. É uma viagem sem os solavancos do metrô, mas com a possibilidade de nos levar para novos rumos. O livro tem 304 páginas.
 

Educação Consciente: Criando com Empatia

Educar é uma tarefa tão importante quanto difícil. Em um mundo em constante mudança e cheio de demandas, criar filhos saudáveis é um grande desafio. Na obra “Educação Consciente: Criando com Empatia”, as coordenadoras Mariana Lima e Elaine Andrade reuniram profissionais de áreas distintas ligadas à educação consciente, visando a importância do estabelecimento de relações mais profundas e saudáveis entre pais e filhos e na formação de pessoas mais responsáveis, equilibradas e empáticas. Como garantir que seu filho cresça com autonomia, responsabilidade e autoestima? Como ter autoridade sem ser autoritário ou permissivo? Como manter o autocontrole como pais neste mundo que favorece tão fortemente a exaustão, ansiedade generalizada e o burnout? Como ensinar com firmeza e gentileza em um mundo tão violento? Estas e outras muitas respostas o leitor encontrará neste livro, com coautores especializados e estudiosos deste tema tão nobre e urgente. Em uma narrativa informativa e acolhedora, a obra publicada pela Literare Books International mostra que a educação consciente é o único caminho que permitirá que a criança e o jovem se desenvolvam com saúde mental e habilidades socioemocionais para lidar com os desafios que a vida irá lhe apresentar. Uma obra fundamental para todos que acreditam que não existe uma receita para educar. É preciso estudo e evolução constantes para sermos melhores pais e educadores. O livro tem 216 páginas.
 

Literarte – Uma Livraria Fora da Ordem na Ditadura Militar

O livro “Literarte – Uma Livraria Fora da Ordem na Ditadura Militar”, de Gonçalo Junior, que a Editora Noir acaba de enviar para as livrarias, é bem mais que uma narrativa sobre um lugar que se tornou ponto de resistência e luta pela redemocratização do país, entre 1978 e 1985. Como fio condutor da obra está a trágica história de Dinaelza Soares Santana Coqueiro, irmã do fundador da livraria, Getúlio Santana, que foi morta pelo Exército Brasileiro em 1974, na Guerrilha do Araguaia, e seu corpo jamais foi encontrado. Neste que considera seu melhor livro, Gonçalo – que já biografou Rubem Alves, Herbert Richers, Jacob do Bandolim, Assis Valente, Vadico e outros – apresenta um retrato intenso, empolgante e emocionante de uma geração de baianos das décadas de 1970 e 1980 que se viu descobrir para a vida na militância pelo fim da ditadura e notou que, no meio do caminho, para o bem de todos, havia uma livraria a lhes alimentar o espírito e a mente. Um lugar que vendia também camisetas com mensagens descoladas que faziam todos querer vesti-las e desfilar pela cidade como um gesto de atitude e de sintonia com a luta para mudar tudo à volta. A partir de depoimentos e entrevistas de quase uma centena de antigos clientes, além dos proprietários Getúlio e o cartunista Nildão, o autor mostra como, das prateleiras da Literarte, podiam ser comprados livros que transformaram, por exemplo, lideranças estudantis em muitos dos mais importantes políticos e intelectuais da esquerda da Bahia nos últimos 40 anos. É um resgate histórico que faz transbordar sonhos e desejos que não morrerão jamais para a maioria dos entrevistados. “É uma obra para tocar o coração das pessoas e trazer esperança nesses tempos terríveis em que vivemos, de ameaça golpista”, diz Gonçalo. O livro tem 268 páginas.
 

Envelhescência Ativa e Feliz

Envelhecer pode e deve ser uma fase vivida com naturalidade. Para uns, envelhecer soa como pesadelo. Para outros, um desafio. Cuidar da saúde física e mental deve ser o objetivo de todos nós. Se começarmos a escolher, de forma consciente e disciplinada, certos elementos importantes para nossa vida, poderemos ter uma senescência digna. Não senilidade, envelhecimento doentio. Escolher o que comemos, atividades físicas continuadas sem excessos, visitar médicos e dentistas periodicamente, ter lazer adequado, convivência social saudável, leituras agradáveis, meditação, e acima de tudo, buscar a espiritualidade. O futuro da humanidade está na aliança harmoniosa entre jovens e idosos. Quem, senão os jovens, pode herdar os sonhos, os projetos inacabados, o tesouro da experiência dos idosos e levá-los adiante? Mas, para isso, é necessário continuar sempre. A longevidade precisa continuar sonhando os sonhos de justiça, de paz, de solidariedade. Coordenado por Silvana P. Cracasso e Marco Fabio Coghi, o livro “Envelhescência Ativa e Feliz”, reúne diversos especialistas, cada um em seu campo do conhecimento, com uma narrativa sensível, acolhedora e transformadora, que convida o leitor para uma análise criteriosa das informações no livro passadas, fazendo desta obra um verdadeiro manual para bem envelhecer, com saúde integral, bem-estar, qualidade de vida e estabilidade emocional. Publicada pela Literare Books International, a obra traz importantes temas e mostra que é possível viver com saúde, alegria e qualidade de vida na velhice. O livro é um convite para o leitor aceitar e fazer uma transformação em sua vida e encarar o envelhecer com muita dignidade, assim como preparar seu caminho para envelhecer de forma independente e autossuficiente. E isso não acontece por acaso: precisa ser iniciado agora, hoje, sem procrastinação. Lutar contra o conformismo. Saber ser e fazer corretamente! Mergulhe neste mar de conhecimento e saiba como viver melhor e ampliar os benefícios da longevidade. O livro tem 176 páginas.


Notícias Relacionadas »
Comentários »