MENU

02/09/2022 às 17h29min - Atualizada em 02/09/2022 às 17h29min

Em Imperatriz, Rotary Club realiza “Dia D” amanhã

A aplicação das doses será iniciada às 8h, tendo como público-alvo crianças menores de cinco anos de idade

Raimundo Primeiro
Foto: Divulgação
  
No sábado, 3 de setembro, das 8h às 13h, o Rotary Club realiza, em Imperatriz, o Dia D da vacinação contra a Poliomielite. No fechamento da matéria, a reportagem foi informada que todos os detalhes relacionados a ação na cidade estão definidos.

Em Imperatriz, a vacinação acontece por meio de parceria firmada entre os dois clubes de Rotary locais – o Rotary Club Imperatriz e o Rotary Club Imperatriz-Entroncamento e a Secretaria de Saúde do Município (Semus).

De acordo com as informações levantadas pela reportagem, há anos, a Instituição trabalha na arrecadação de recursos para pesquisas e fabricação de vacinas em países onde ainda são registrados casos da doença, também conhecida como paralisia infantil.

Início – O envolvimento do Rotary com a poliomielite no Brasil teve início em 1996, por meio da doação de 6 milhões de dólares ao governo brasileiro para a compra de vacinas, o equivalente a 13 milhões de dólares de hoje, quantia suficiente para vacinar todas as crianças do país, naquela época, durante 5 anos, e ofereceu o apoio de sua rede de voluntários espalhados pelo Brasil.

Assim, o Rotary passou a participar da coordenação do programa em nível de Brasil.

Ao ressaltar a importância da vacinação, a presidente do Rotary Club Imperatriz, professora Joana Darc Medeiros de Morais diz que, este ano, o mundo foi surpreendido com o registro de um caso de poliomielite em Nova Iorque, nos Estados Unidos, em um indivíduo não vacinado. “O país não registrava nenhum caso desde 1993”, lembra.

Vigilantes – “Então, precisarmos ser vigilantes o tempo todo. A única forma de evitarmos que a paralisia infantil volte a comprometer a saúde de nossas crianças é através da vacinação”, reforça, acrescentando: “assim, para garantirmos que todos os países fiquem livres da poliomielite, devemos imunizar todas as crianças”.

De acordo com Joana Darc, diante dos números atuais que os Rotary Clubes de Imperatriz “estarão abrindo as suas portas, nesse sábado, para uma manhã de vacinação, visando que as famílias imunizem suas crianças contra o terrível vírus da pólio”.

Engajamento – O Rotary Club Imperatriz-Entroncamento é presidido por Elane Cavalcante da Costa. A rotariana também reputa como de fundamental relevância que os pais levem seus filhos menores de cinco anos até a sede do
Rotary Club nesse sábado para que eles sejam, assim, imunizados contra a paralisia infantil. O engajamento busca vacinar o maior número possível de crianças até o final da manhã. A Semus estará de prontidão com todo o suporte técnico.

Pólio – A poliomielite é uma doença infecciosa viral, que atinge os nervos. A pessoa pode ter paralisia parcial ou total. O Rotary é o maior responsável na luta pela erradicação da poliomielite no mundo, tendo chegado a 99,98%.

Mas os 0,02% restante, pode contaminar o mundo todo novamente. Hoje, a pólio permanece endêmica em apenas dois países: Afeganistão e Paquistão.

Rotary – O
Rotary Club é uma rede global de líderes, amigos e voluntários que se unem para causar mudanças positivas e duradouras em suas cidades e pelo mundo, a exemplo da ação que será realizada nesse sábado, aqui em Imperatriz.

 

SERVIÇO
  • O QUE É: Campanha de Vacinação contra a Pólio
  • ONDE: Rotary Club Imperatriz
  • ENDEREÇO: Rua Frei Manoel Procópio, nº 58, setor Beira-Rio
  • HORÁRIO: Das 8h às 13h
NA PRESIDÊNCIA
  • Presidente do Rotary Club Imperatriz:
  • Joana D’arc Medeiros de Morais
  •  
  • Presidente do Rotary Club Imperatriz-Entroncamento:
  • Elane Cavalcante da Costa

Notícias Relacionadas »
Comentários »