MENU

01/09/2022 às 22h59min - Atualizada em 01/09/2022 às 22h59min

Durante Encontro Nacional de BiodiverCidades, Araguaína adere a protocolo internacional para obras de infraestrutura e ações com planejamento sustentável

Com investimento de R$ 350 milhões, o planejamento do Águas de Araguaína para várias obras na cidade chegou aos 30% de execução

AscomAraguaína / Marcelo Martin
Prefeito Wagner Rodrigues citou durante evento em Niterói, no RJ, a outros prefeitos e autoridades, a transformação da cidade com melhorias em preservação ambiental e mobilidade urbana - Foto: Alexandre Loureiro/Divulgação
 
O prefeito de Araguaína, Wagner Rodrigues, assinou a adesão à Declaração de Barranquilla nessa terça-feira, 30. O protocolo de intenção tem 10 metas para ações e obras de infraestrutura com planejamento sustentável. A assinatura foi durante o Encontro Nacional de BiodiverCidades do Brasil, realizado em Niterói (RJ), junto com outros 17 prefeitos convidados, representantes do Banco CAF e especialistas da área ambiental.

“O ex-prefeito Ronaldo Dimas planejou a cidade para 20 anos, independente de quem fosse o prefeito. Dessa forma conseguimos implementando os projetos e conseguimos entregar, no ano passado, sete bairros. Resolvemos 100% os problemas nesses bairros com calçadas com acessibilidade, urbanização com árvores nativas, drenagem e asfalto”, afirmou Wagner.

O prefeito ainda lembrou da preocupação com a conservação na realização das obras em toda a cidade. “Foi destaque nacional a preservação do pé de pequi no meio de uma avenida, uma árvore que é símbolo no Cerrado. Acabamos com mais de 400 ligações clandestinas de esgoto nos córregos Neblina e Canindé durante a canalização para construção da Via Norte, atualmente a maior obra de infraestrutura urbana no Tocantins”.

Para o presidente executivo da CAF, Sergio Díaz-Granados, é fundamental o cuidado da economia junto à ecologia para o avanço das cidades. “É preciso potencializar o conceito de smart city, que não é só tecnologia, é um balanço com a natureza. 30 milhões de pessoas são afetadas com alagamentos porque há um desequilíbrio”.
 
Tratado internacional
Assinaram a Declaração de Barranquilla os municípios que têm parceria com o CAF - Banco de Desenvolvimento da América Latina para investimentos em infraestrutura e meio ambiente, como Araguaína, Porto Seguro, Vitória da Conquista e Ribeirão Preto.

Entre as metas estão promover ações coordenadas para a valorização, conservação e uso sustentável da biodiversidade nas cidades, aumentar esforços associados ao monitoramento da cobertura florestal, promover e criar corredores biológicos urbanos e promover a pesquisa, desenvolvimento tecnológico, transferência de tecnologia, planos e programas para a conservação da biodiversidade urbana.
 
Águas de Araguaína
As obras de infraestrutura e sustentabilidade em Araguaína com financiamento do CAF fazem parte do Projeto Águas de Araguaína, entre elas a construção da Via Norte, que ligará o centro da cidade a vários bairros. Com a drenagem e pavimentação dos bairros, o projeto prevê ainda a criação de bacias de detenção da água das chuvas para evitar futuros alagamentos e vários pontos de área verde com a implantação dos parques: Nascentes do Neblina, São Miguel e Raizal, garantindo a preservação dos córregos Neblina, Jacuba e do Rio Lontra.

Notícias Relacionadas »
Comentários »