MENU

01/09/2022 às 19h56min - Atualizada em 01/09/2022 às 19h56min

Guarda Municipal atendeu 73 ocorrências durante o mês de agosto

Nos primeiros oito meses do ano, foram 547 casos e o destaque continua sendo as situações de perturbação do sossego público

Dema de Oliveira
GMI já atendeu esse ano cerca de 547 ocorrências - Foto: Patricia Araújo/Assessoria
 
A Guarda Municipal de Imperatriz (GMI) divulgou nesta quinta-feira, 1º de setembro de 2022, o balanço oficial das ocorrências atendidas durante o mês de agosto. No total foram 73 ocorrências, 20 a mais do que julho, que registrou 53 demandas. As ações têm diversas tipificações penais, que vão desde ameaças a perturbação do sossego público, entre outras. 

 
Nos primeiros oito meses do ano, foram 547 casos e o destaque continua as situações de perturbação do sossego público, a maior incidência. Com os 41 casos registrados em agosto, agora já são 256, mantendo a média de quase a metade de todas as demandas do ano.
 
O saldo positivo nas operações têm sido possível graças à atenção permanente garantida pela gestão municipal. “O prefeito Assis Ramos tem dado total apoio, garantido investimentos estratégicos em estrutura, armamentos e cursos de qualificação aos agentes, o último realizado no mês de julho com a capacitação para uso de arma longa - carabina CTT.40. Nossa Guarda Municipal é destaque entre as demais do estado do Maranhão e do Nordeste do país”, destaca o comandante Josenildo José Ferreira.
 
O balanço de agosto e dos demais meses de 2022 revela a importância da atuação da GMI, revelando a preocupação da Prefeitura de Imperatriz com a segurança na cidade. A Guarda também realiza ações integradas com outros órgãos e instituições, como a Polícia Militar, Polícia Civil, órgãos de meio ambiente e de fiscalização do município.
 
Confira os números das ações mês a mês em 2022, conforme informações da coordenação de inteligência da GMI:
  • Janeiro: 66
  • Fevereiro: 91
  • Março: 34
  • Abril: 69
  • Maio: 95
  • Junho: 66
  • Julho: 53
  • Agosto: 73
     
Atualmente, com apoio da PM, está sendo realizada as operações Portas Seguras, que visa o combate a arrombamentos e furtos de lojas na área central da cidade. Nessa operação, a GMI adotou o uso de drone, que cobre grandes distâncias, mostrando imagens das ruas e consequentemente a movimentação de pessoas. Outra operação lançada pela GMI, chamada Normalidade Contínua, tem como objetivo prevenir, garantir e contribuir conjuntamente com os outros órgãos de segurança para a tranquilidade dos imperatrizenses. E a mais recente, outra operação desencadeada se chama Operação Ocupação, que visa ocupar a região do Panelódromo e Shopping da Cidade, no combate a pessoas que usam o espaço para a prática de ações relacionadas ao tráfico e consumo de drogas.
 
A GMI é uma guarda ativa, que está próxima à comunidade, atenta aos problemas que ocorrem nos espaços públicos, que valoriza a integração com as forças de segurança e os demais órgãos da administração. Isso é um dos fatores que contribui para o combate e a tentativa de reduzir os indicadores de criminalidade na cidade de Imperatriz e os povoados da zona rural.

Notícias Relacionadas »
Comentários »