MENU

01/09/2022 às 08h37min - Atualizada em 01/09/2022 às 08h37min

Com hat-trick de Pedro, Flamengo goleia Vélez no primeiro jogo da semifinal da CONMEBOL Libertadores

Equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta (7), no Maracanã; Pedro segue isolado na artilharia do torneio, com 11 gols

Isabela Abirached
Imprensa/FLAMENGO
Pedro, o Camisa 21, autor de três dos quatro goals na vitória sobre o Vélez - Foto: Divulgação - Imprensa/FLAMENGO
   
Em noite de gala, o Flamengo começou muito bem a disputa por uma vaga na grande decisão da CONMEBOL Libertadores 2022. O time rubro-negro goleou o Vélez Sarsfield, fora de casa, por 4 a 0, e vai para o jogo de volta, na próxima quarta-feira (7), no Maracanã, com larga vantagem sobre o adversário.

Você pode conferir conteúdos exclusivos do Mengão na FlaTV+. Assine agora o streaming oficial do clube e viva muito mais Flamengo! Sócios-torcedores têm até 100% de desconto na mensalidade.

Além da atuação consistente do Mais Querido, que venceu com tranquilidade, Pedro reafirmou sua grande fase nesta temporada com um hat-trick nesta noite: o atacante chegou aos 23 na temporada - 11 nesta edição da Libertadores, se mantendo isolado na artilharia do torneio e igualando seu companheiro Gabigol em 2022.

"Fizemos um grande jogo, saímos com um grande passo, mas não tem nada ganho ainda. Vamos continuar com os pés no chão para o próximo. Entramos com o pensamento de fazer um grande jogo e vencer a partida fora de casa e conseguimos um grande resultado", disse o camisa 21 após o apito final.

 

 

 

 

O jogo

A partida começou quente, com Gabi e Ortega se estranhando já aos dois minutos de bola rolando. O Rubro-Negro não se intimidou e foi para cima, mas os argentinos usavam de truculência para segurar as investidas ofensivas do Flamengo. Quando o cronômetro chegava perto dos nove minutos, João Gomes partiu pela esquerda, cortou para a direita e bateu para o gol, do bico da grande área; a bola passou perto, por cima, do travessão. Da mesma parte do campo, em jogada muito semelhante, foi a vez de Pedro arriscar, aos 12, para defesa do goleiro Hoyos. O Flamengo seguiu dominante e o Vélez só chegou com mais contundência aos 27, quando Janson recebeu na entrada da área e chutou colocado, para Santos espalmar.

O primeiro gol rubro-negro veio aos 31 minutos. Rodinei iniciou a jogada no flanco direito, passou para o zagueiro Léo Pereira, que fez as honras de garçom com ótimo cruzamento para Pedro; dentro da área, o centroavante, livre e bem colocado, só precisou de um toque para empurrar para a rede: 1 a 0 Mengão. Apenas quatro minutos depois, o time argentino assustou a Nação com uma cobrança de falta que explodiu na trave de Santos; na sequência, Filipe Luís afastou.

Pouco antes do encerramento da primeira etapa, o craque que vestia o Manto número sete e tinha no braço a faixa de capitão teve tempo para ampliar. Depois da roubada de bola do Garoto do Ninho João Gomes, uma troca de passes envolvente reuniu uma constelação de craques do Flamengo: Filipe Luís passou para Pedro, que tocou para Everton Ribeiro encontrar De Arrascaeta; o uruguaio levantou para Gabi que, de primeira, devolveu para Ribeiro - e o meia só precisou desviar para o gol, atualizar o placar e encher de orgulho a Maior Torcida do Mundo: 2 a 0.

Aos sete minutos da etapa complementar, João Gomes ganhou no meio, Gabriel ficou com a bola, disparou em contra-ataque e, quando já ficava na cara do gol, foi derrubado com falta dura, que rendeu um cartão amarelo para o zagueiro adversário Valentín Gómez; na cobrança, Léo Pereira cobrou na barreira. Mas o terceiro tento do clube da Gávea já estava amadurecido e veio novamente dos pés de Pedro Guilherme, aos 15. Enchendo os olhos do torcedor em mais uma belíssima jogada, os comandados de Dorival Junior trocaram passes na entrada da área, até que Filipe Luís encontrou Gabi na direita; desta vez no papel de garçom, o artilheiro do Flamengo neste século deu o passe em profundidade para o camisa 21 tocar por cima do arqueiro adversário.

Mesmo com a vantagem considerável no marcador, o Mais Querido não tirou o pé e quase emplacou o quarto aos 22: foi João Gomes o responsável por deixar Gabi na cara do gol, mas Hoyos fez a defesa com o pé. Aos 30, mais uma troca de passes de tirar o fôlego terminou com bola na rede - mas pelo lado de fora - depois de passar pelo tratamento de Pedro, Everton Ribeiro, Vidal, João e Gabigol. Mas o merecido 4 a 0 era mesmo questão de tempo - e veio com direito a hat-trick, aos 37 minutos. Pedro se encarregou de iniciar e finalizar a jogada: primeiro, inverteu o jogo para Arturo Vidal; o chileno tentou passar para Gabigol, mas a bola desviou na defesa e sobrou para o próprio camisa 21 chutar colocado, fazer barba, cabelo e bigode e decretar a goleada.

 

Palavra do técnico

"Nós tivemos pontos importantes. Primeiro, em momento nenhum abrimos mão da nossa saída de bola, e isso foi fundamental. Com a troca de movimentos, abrimos a solidez da defesa do Vélez, variamos essa iniciação com jogadas pelos lados e por dentros, com laterais e meias, e Arrascaeta jogando solto entre as linhas, se apresentando como opção de coordenação para evoluirmos com a posse de bola. Acredito que a cada momento damos um passo a mais para a regularidade que a gente vem apresentando. É prazeroso trabalhar com um grupo que tem um entendimento como tem esta equipe, que cumpre à risca o que é solicitado. Fico muito feliz. O Pedro está vivendo mais um grande momento na carreira dele. Vem se dedicando no dia a dia e a capacidade técnica e as soluções que ele encontra são naturais dele, ainda mais com a participação de todo o grupo", disse Dorival Junior em entrevista coletiva.
 

Escalação do Flamengo

Santos; Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Filipe Luís; João Gomes (Victor Hugo), Thiago Maia (Vidal), Everton Ribeiro (Diego Ribas) e De Arrascaeta (Erick Pulgar); Gabi (Everton Cebolinha) e Pedro.
Técnico: Dorival Júnior

 

Escalação do Vélez

Hoyos; Jara, De los Santos, Valentín Gómez, Ortega e Cáseres; Garayalde, Orellano (Julián Fernández) e Janson; Walter Bou (Osorio) e Lucas Pratto.
Técnico: Alexander Medina

 

Ficha técnica

Vélez 0x4 Flamengo - Jogo de ida - Semifinal da CONMEBOL Libertadores
Local: Estádio José Amalfitani, Buenos Aires, Argentina
Data e hora: 31/08/2022, às 21h30
Arbitragem: Wilmar Roldan (COL), Alexander Guzman (COL), Wilmar Navarro (COL) e Jhon Ospina (COL)
Cartões amarelos: Gabi (FLA), Valentín Gómez (VEL), Thiago Maia (FLA), De los Santos (VEL), David Luiz (FLA), Léo Pereira (FLA), Erick Pulgar (FLA)
Gols: Pedro (31' - 1ºT; 15’ e 37' - 2ºT; ), Everton Ribeiro (45’ - 1ºT)

Notícias Relacionadas »
Comentários »