MENU

30/08/2022 às 17h03min - Atualizada em 01/09/2022 às 00h00min

Grupo de Referência do Projeto Guri em Sorocaba realiza apresentação gratuita em Cerquilho

Espetáculo do Coro e Percussão acontece em 31 de agosto, às 15h30

SALA DA NOTÍCIA emilly moreira
http://www.projetoguri.org.br/
Grupo de Referência de Sorocaba – Coro e Percussão Crédito: Gustavo Morita
Os Grupos de Referência do Projeto GURI – programa de educação musical e inclusão sociocultural gerido pela Santa Marcelina Organização Social de Cultura – irão se apresentar em 12 cidades do Estado de São Paulo. Todas as apresentações são gratuitas e abertas ao público.

O Grupo de Referência de Sorocaba – Coro e Percussão, sob a regência de Márcia de Freitas, tocará no dia 31 de agosto, às 15h30, no Teatro Municipal de Cerquilho (R. Ângelo Luvizotto, Centro - Cerquilho/SP. O evento também será transmitido ao vivo pelo Youtube por meio do link: https://tinyurl.com/ConcertoGuriSorocaba.
Neste concerto, o Grupo de Referência de Sorocaba apresenta um repertório eclético com o destaque do naipe de percussão logo na abertura do evento. O programa ainda prevê a história da boneca abayomi, contada por uma aluna, seguido da da canção tradicional Camaronesa “Ishe o Lua”. O espetáculo inclui canções de Caetano Veloso, Milton Nascimento e Fernando Brandt, além de obras de Antonio Vivaldi do Período Barroco e uma canção do mestre do “rock rural” Zé Rodrix.


 

O Grupo de Referência de Sorocaba – Coro e Percussãoprotagonizou espetáculos cênico-musicais como ‘Calungá’ (2012), com Naná Vasconcelos, no Teatro Sergio Cardoso e no Auditório do Ibirapuera, ambos em São Paulo. Em 2015 realizou o musical ‘West Side Story’, no Teatro do Sesc Sorocaba. Em 2017, com Tião Carvalho e Gabriel Levy, dedicou-se a ritmos nordestinos com apresentação no Auditório Municipal Francisco Beranger, em Votorantim. O grupo já trabalhou com os regentes Pablo Trindade (2012), Gisele Cruz (2013), Regina Kinjo (2014) e Felipe Senna (2019). O conjunto realizou produções audiovisuais, destacando-se os vídeos que tiveram como convidados Zeca Rodrigues, em 2020 e a moçambicana Lena Bahule, em 2021.
Grupos de Referência
Conjuntos formados por alunos e alunas de diferentes polos do Projeto GURI em estágio avançado de aprendizado, os GRs (como são chamados) têm papel de referência e motivação para os demais integrantes do Projeto.
Os GRs oferecem a experiência de compromisso, responsabilidade e execução de repertório qualificado, com desafios técnicos e artísticos compatíveis com seu estágio de desenvolvimento musical. Implantados em 2010, os Grupos concentram hoje 381 Guris e Gurias.
Ao todo, são 13 grupos e nove formações musicais diferentes: grupo de percussão, camerata de violões, camerata de cordas friccionadas, camerata de cordas dedilhadas, orquestra sinfônica, banda sinfônica, big band, coral e coral com percussão. Cada formação desenvolve uma linguagem específica, abordando diferentes épocas e estilos, incluindo música popular e erudita.
Cada grupo ensaia duas vezes por semana, com uma carga horária de quatro horas semanais. Os ensaios acontecem nos polos-sede distribuídos por 13 cidades: Araçatuba, Bauru, Franca, Itaberá, Jundiaí, Lorena, Marília, Piracicaba, Presidente Prudente, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto e Sorocaba.
Todos os alunos e alunas recebem bolsa-auxílio mensal para despesas com transporte e manutenção dos instrumentos, entre outros benefícios, viabilizando a participação nas aulas, ensaios e apresentações, incentivando seu desenvolvimento musical. Há também um auxílio deslocamento aos Guris que moram mais distantes do polo.
Integrantes que não possuem instrumento podem participar do ‘Toca Mais, GURI’, um programa de empréstimo no qual, durante o ano, alunos e alunas têm acesso a um instrumento musical para seus estudos domiciliares e utilização em ensaios e concertos.
Na cidade de Sorocaba, o Projeto Guri tem o apoio da Prefeitura Municipal de Sorocaba. E para este evento contará também com o apoio da prefeitura Municipal de Cerquilho.
Patrocinador Master: Instituto CCR + WestRock + CTG Brasil; Patrocinador Ouro: Tauste
Grupo de Referência de Sorocaba – Coro e Percussão
Regente: Márcia de Freitas


Programa
CLAUDIO STABILE (1977 -)
Música para surdos
Arranjo: Rogério Simizu               

CANÇÃO CAMARONESA
Ishe o Lua
Arranjo: Julio Maluf

DOUGLAS GUTJAHR (1983 -) 
Motivos Nordestinos 

CAETANO VELOSO (1942 –)
Alguém cantando
Arranjo: Júlio Giúdice

MILTON NASCIMENTO (1942 –) E FERNANDO BRANT (1946 - 2015)
Canção da América
Arranjo: Patrícia Costa

ANTONIO VIVALDI (1678-1741)
Gloria – Laudamus-te

ZÉ RODRIX (1947 - 2009)
Mestre Jonas
Arranjo: Zeca Rodrigues
Serviço
Grupo de Referência de Sorocaba – Coro e Percussão
Data: 31/08/2022
Horário: 15h30
Local: Teatro Municipal de Cerquilho
Endereço: R. Ângelo Luvizotto, Centro - Cerquilho/SP
Entrada gratuita
_______________________________________________________________________
Patrocinadores e apoiadores do Projeto Guri – Santa Marcelina Cultura:  Instituto CCR; WestRock; CTG Brasil; Tauste Supermercados; Novelis; EMS; Valgroup; Cipatex; Grupo Maringá; Arteris; Capuani do Brasil; Distribuidora de Alimentos Ikeda; Mercedes-Benz; Petrom – Petroquímica Mogi das Cruzes; Castelo Alimentos; Pirelli. 
 
Projeto GURI: O Projeto GURI é gerido pela Santa Marcelina Cultura. Atende gratuitamente mais de 60 mil crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos em todo o Estado de São Paulo, buscando proporcionar oportunidades de crescimento cultural e inclusão social por meio de uma educação musical de qualidade apoiada por um trabalho social efetivo, por meio dos seus 384 Polos de Ensino. Desde a criação do Projeto Guri em 1995, já foram atendidas perto de 1 milhão de crianças e adolescentes.  

Santa Marcelina Cultura: eleita a melhor ONG de Cultura de 2019, além de ter entrado na lista das 100 Melhores ONGs em 2019 e 2020, a Santa Marcelina Cultura é uma associação sem fins lucrativos que atua com a missão de formar pessoas. Criada em 2008, é responsável pela gestão do Guri na Capital e região Metropolitana de São Paulo, da Escola de Música do Estado de São Paulo – Tom Jobim (EMESP Tom Jobim), do Theatro São Pedro e do Projeto Guri no Interior, Litoral e Fundação Casa. O objetivo da Santa Marcelina Cultura é desenvolver um ciclo completo de formação musical integrado a um projeto de inclusão sociocultural, promovendo a formação de pessoas para a vida e para a sociedade. No Theatro São Pedro, a Santa Marcelina Cultura desenvolve um trabalho voltado a montagens operísticas profissionais de qualidade aliado à formação de jovens cantores e instrumentistas para a prática e o repertório operístico, além de se debruçar sobre a difusão da música sinfônica e de câmara com apresentações regulares no Theatro. Para acompanhar a programação artístico-pedagógica do GURI Capital e Grande São Paulo, da EMESP Tom Jobim e do Theatro São Pedro, baixe o aplicativo da Santa Marcelina Cultura. A plataforma está disponível para download gratuito nos sistemas operacionais Android, na Play Store, e iOS, na App Store. Para baixar o app, basta acessar a loja e digitar na busca “Santa Marcelina Cultura”. 
 
Assessoria de imprensa  
Máquina Cohn & Wolfe| [email protected] | (11) 3147-7900 
Ricardo Marques  – direção |[email protected]  | 
Sheila Oliveira – gerência|[email protected] |(11) 3147-7453 e  
(11) 97695-6489 
Adolfo Morais – atendimento |
[email protected] | (11) 3147-7263 

 
Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo  
Assessoria de Imprensa  
(11) 3339-8116 / (11) 3339-8162  
(11) 98849-5303 (plantão) 
[email protected] 
Acompanhe a Cultura: Site | Facebook | Instagram | Twitter | LinkedIn | YouTube 

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »