MENU

30/10/2020 às 00h00min - Atualizada em 30/10/2020 às 00h00min

Famílias quilombolas maranhenses recebem descontos na conta de luz

Já são mais de 8 mil beneficiários através do Programa Tarifa Social de Energia Elétrica

Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão
Cliente José Mário Castro, comunidade quilombola de Bem Finca, povoado do município de Serrano do MA - Foto: Divulgação
Você sabia que as famílias quilombolas têm direito ao benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica? A tarifa social é um programa do Governo Federal que dá descontos que pode chegar até 65% na conta de energia. Além dos quilombolas, famílias indígenas (que possuem o RANI – Registro Administrativo de Nascimento Indígena), famílias inscritas no Cadastro Único, ou com integrantes que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) também podem receber este benefício na conta de energia.

Atualmente no Maranhão já são mais de 870 mil famílias beneficiadas no programa, e entre elas, 8 mil são quilombolas. O José Mário Castro é da comunidade quilombola de Bem Finca, povoado do município de Serrano do Maranhão. Ele já está cadastrado no programa e destaca o quanto o desconto ajuda mensalmente na economia da família. “Antes eu pagava R$ 170,00 na minha conta de energia, mas agora, graças a Deus, com esse cadastro o valor baixou para R$ 40,00”, comenta. Ele incentiva a todos da comunidade a se cadastrarem também.

As famílias quilombolas inscritas no Cadastro Único que atendam aos requisitos têm desconto de 100% até o limite de consumo de 50 kWh/mês (quilowatts-hora por mês), e percebem os descontos da tabela a seguir.

Parcela do consumo mensal
de energia elétrica        Desconto       
de 0 a 50 KWh                  100%    
de 51 kWh a 100 kWh        40%    
de 101 kWh a 220 kWh       10%    
a partir de 221 kWh             0%    

No entanto, das quase 300 mil famílias que são potenciais beneficiárias e ainda não estão inscritos no programa, mais de 12 mil são quilombolas e estão perdendo a oportunidade de pagar uma conta de energia mais barata. Para Francila Soares, Gerente de Relacionamento com o Cliente da Equatorial Maranhão, essas famílias precisam se cadastrar para garantir o desconto na conta de luz. “Nosso esforço está concentrado em fazer essa informação chegar a cada um desses mais de 12 mil clientes que ainda podem aderir ao programa e receber esse importante benefício. De posse dos documentos, é só procurar os nossos canais de atendimento para realização do cadastro e receber o desconto na fatura seguinte”, enfatiza.

Cadastro Tarifa Social de Energia Elétrica
Se você cumpre os requisitos e está inscrito no Cadastro Único, é quilombola, indígena ou tem o BPC, entre em contato com a Equatorial Maranhão pelo WhatsApp (98) 2055-0116, Central 116 ou pelo site www.equatorialenergia.com.br e solicite a opção de cadastro na Tarifa Social baixa renda. Caso você não seja o titular da conta, tenha em mãos também: nome completo do titular da conta, CPF, RG, data de nascimento e o nome da mãe.
 
Documentos para solicitar o benefício.
Documento de identificação com nome e CPF ou, na inexistência deste, outro documento oficial com foto, ou ainda, o RANI, no caso de indígenas; 

Conta contrato da unidade a ser beneficiada; 

 Número de identificação social – NIS e/ou o Código Familiar no Cadastro Único ou o Número do Benefício – NB quando do recebimento do Benefício de Prestação Continuada – BPC;  

Relatório e atestado subscrito por profissional médico, em caso de famílias com uso continuado de aparelhos.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...