MENU

21/08/2022 às 21h22min - Atualizada em 21/08/2022 às 21h22min

Anthony Rodriguez é bicampeão da categoria Pró no Arena Cross 2022

Após duas vitórias na etapa final, piloto venezuelano conquista primeiro título com a equipe Honda Racing

Ângela Monteiro - [email protected]
Mundo Press - Assessoria de Imprensa da Honda Racing Brasil
Anthony Rodriguez, da equipe Honda Racing, é bicampeão da categoria Pró. - Crédito: Idário Café/Mundo Press

  
São Paulo (SP)
 – Anthony Rodriguez conquistou neste domingo (21/8) o bicampeonato da categoria Pró no Arena Cross 2022, cuja decisão teve como palco a pista montada no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo (SP). A taça veio após o venezuelano conquistar mais duas vitórias nas corridas da quarta e última etapa da competição. O feito ainda representou o primeiro título do piloto com a equipe Honda Racing, acelerando a motocicleta CRF 450R.

 

O circuito indoor de 540 metros foi apontado como extremamente técnico. Rodriguez manteve o foco durante todo o final de semana e sua pilotagem fluiu na pista. Ele imprimiu forte ritmo, até durante a exigente sessão de costelas, e não deu chances aos adversários. O bicampeonato começou a ser construído na penúltima etapa do Arena Cross, realizada na noite deste sábado (20/8), quando o venezuelano também venceu as duas corridas da Pró.

 

Desta forma, ele fecha a competição com 149 pontos, nove a mais que o português Paulo Alberto, o vice-campeão da temporada. “Foi bastante pressão de ontem para hoje e eu fiquei muito concentrado, foi uma luta difícil para mim. Cheguei em São Paulo com quatro pontos atrás para conquistar o numeral 1 novamente, então o processo não foi nada fácil. Agora vou celebrar esse título e o orgulho fica para sempre”, afirma Rodriguez.

 

A taça teve um sabor especial por ser a primeira com a equipe Honda Racing no Brasil. “Eu me concentrei em mim mesmo, fiz a corrida contra mim, sem pensar em mais nada. Mantive o foco e cometi erros mínimos, fiz a minha corrida. Foi o primeiro título com a Honda Racing e estou muito orgulhoso, fico grato porque essa taça entrou na nossa história para sempre”, continua o venezuelano.

 

Na MX2, o gaúcho Gabriel Andrigo confirmou o segundo lugar na última prova da temporada. Assim, ele encerrou o campeonato em terceiro lugar na tabela, com a CRF 250R. “Foi um ano de altos e baixos, na primeira etapa eu caí na largada e aqueles pontos fizeram muita diferença no campeonato. Lutei até o final e estou feliz com o desempenho, porque sei que eu posso ganhar. Vamos para o ano que vem”, declara.

 

Ele compete com a moto CRF 250R, assim como Henrique Henicka, também do Rio Grande do Sul, que terminou o Arena Cross na quarta posição da AX2. “Consegui melhorar no decorrer do ano, depois de cair na primeira etapa, e tive bons resultados. Deu tudo certo, não me machuquei e agora vou treinar porque ainda tem o Campeonato Brasileiro Motocross”, lembra o jovem piloto. O outro representante da equipe na AX2, Fred Spagnol, bem como os pilotos Hector Assunção e Jetro Salazar, da categoria Pró, não competiram nas finais por conta de lesões.

 

O próximo desafio do time é a decisão do Campeonato Brasileiro de Motocross 2022, nos dias 17 e 18 de setembro, em Fortuna (SC). A equipe Honda Racing de Motocross é patrocinada por Pro Honda, Fox, Fly, DID e Seguros Honda.

 

Resultados – 4ª etapa do Arena Cross 2022 (final)
Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi – São Paulo (SP)

 

Classificação final Categoria Pró (cinco primeiros)
1 - #1 - Anthony Rodriguez - Honda CRF 450R - 149 pontos
2 - #211 - Paulo Alberto - 140 pontos
3 - #45 - Leonardo Souza - 95 pontos
4 - #97 - Pepê Bueno - 91 pontos
5 - #4 - Renato Paz - 67 pontos
8 - #30 - Hector Assunção - Honda CRF 450R - 39 pontos
11 - #60 - Jetro Salazar - Honda CRF 450R - 35 pontos

 

Classificação final Categoria AX2 (cinco primeiros)
1 - #34 - Lucas Dunka - 67 pontos
2 - #70 - Ramyler Alves - 64 pontos
3 - #10 - Gabriel Andrigo - Honda CRF 250R - 64 pontos
4 - #75 - Henrique Henicka - Honda CRF 250R - 42 pontos

5 - #244 - Marcello Leodorico - 41 pontos

 

Soma das baterias da 4ª etapa – Categoria Pró
1 - #1 - Anthony Rodriguez - Honda CRF 450R - 41 pontos

2 - #211 - Paulo Alberto - 36 pontos
3 - #200 - Ryan Breece - 30 pontos
4 - #75 - Josh Hill - 26 pontos
5 - #45 - Leonardo Souza - 22 pontos

 

1ª Corrida Categoria Pró
1 - #1 - Anthony Rodriguez - Honda CRF 450R

2 - #211 - Paulo Alberto
3 - #200 - Ryan Breece
4 - #75 - Josh Hill
5 - #45 - Leonardo Souza

 

2ª Corrida Categoria Pró
1 - #1 - Anthony Rodriguez - Honda CRF 450R

2 - #211 - Paulo Alberto
3 - #200 - Ryan Breece
4 - #75 - Josh Hill
5 - #45 - Leonardo Souza

 

Corrida Categoria AX2
1 - #70 - Ramyler Alves
2 - #10 - Gabriel Andrigo - Honda CRF 250R
3 - #34 - Lucas Dunka
4 - #75 - Henrique Henicka - Honda CRF 250R
5 - #102 - Gabriel Mielke

 


Link
Tags »
Comentários »