MENU

28/10/2020 às 00h00min - Atualizada em 28/10/2020 às 00h00min

TJD marca julgamento do caso Gleydisson, do Moto Club

Carloto Júnior
São Luís - O Tribunal de Justiça Desportiva do Maranhão (TJD-MA) definiu a data de quinta-feira (29) para o julgamento do caso do jogador Gleydisson, que jogou o campeonato estadual deste ano pelo Moto Club, de São Luís. O edital já consta no Site da Federação Maranhense de Futebol.

O edital de citação e intimação é assinado pelo auditor Presidente da Comissão Disciplinar do TJD-MA, Dr. Jorge Henrique de Viveiros Vieira, amparado pelo disposto do Artigo 47 do CBJD e definiu a sessão de instrução e julgamento para acontecer na quinta-feira (29), às 16 horas, no plenário do TJD, localizado na Rua do Alecrim, nº 413, no edifício Palácio dos Esportes, no centro de São Luís.

Os intimados são o Moto Club de São Luís e o atleta Gleydisson da Silva Santos, por conta do Processo 005/2020 - Nota de Infração Disciplinar que tem a Sociedade Imperatriz de Desportos (SID) como notificante. Os intimados foram citados no Artigo 214, § 1 e 2 do CBJD, Artigo 6º, § 2º do Regulamento Nacional de Registro e Transferência de Atletas e Artigo 7º, § 1º] do Regulamento Específico da Competição Campeonato Maranhense Série A de 2020. O Procurador é o Dr. Francisco Braga, enquanto o Auditor Relator é o Dr. Werbron G. Lima.

Resumo
Trocando em miúdos, a acusação é que a assinatura do atleta Gleydisson no contrato profissional, não bate com a assinatura nos seus documentos pessoais, o que leva o Imperatriz a crer que a mesma foi falsificada. Caso seja confirmado, o Moto Club será punido com perca de pontos. Com isso, o Imperatriz assumiria a 3ª colocação na soma geral do estadual, o que lhe renderia uma vaga na Copa do Brasil de 2021, além de participar da Pré-Copa do Nordeste como representante do estado. O Moto ainda pode ser rebaixado, o que salvaria o Maranhão Atlético Clube (MAC).
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...