MENU

10/08/2022 às 21h47min - Atualizada em 10/08/2022 às 21h47min

Casa da Gestante, obra social do Hospital Dom Orione, celebra quatro anos em Araguaína

Aniversário foi comemorado com uma missa que reuniu colaboradores e gestantes

Da Assessoria
Casa da Gestante do Hospital Dom Orione acolhe pacientes do SUS - Foto: Rodrigo Martins/Ascom Hospital Dom Orione
 
A Casa Mãe da Divina Providência - Gestante, Bebê e Puérpera, obra social do Hospital Dom Orione (HDO), que beneficia usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) do Tocantins, Sul e Sudeste do Pará e Sul do Maranhão, completou quatro anos. Uma missa em ação de graças pelo aniversário foi celebrada na terça-feira (09/08).

Desde sua fundação, a Casa da Gestante do HDO já acolheu cerca de 2.500 pessoas, entre gestantes, bebês, puérperas e acompanhantes. Somente no ano de 2021, foram 564 pessoas atendidas na residência, que além da estadia e alimentação, oferece também amparo social e conforto espiritual.

A Casa Mãe da Divina Providência é uma residência provisória de acolhimento e acompanhamento de gestantes que apresentam agravos na gravidez, especialmente para aquelas que vêm de outros municípios para realizar o parto. Com isso, mães com seus bebês internados na UTI Neonatal ficam bem acomodadas e recebem assistência médica, social e espiritual.

Padre Bruno Rodrigues, diretor presidente do Hospital Dom Orione, destacou a importância do serviço para as mães que necessitam desse apoio. “Queremos render graças por todos aqueles que contribuem para que este ambiente seja agradável e acolhedor”, destacou. Além dos cuidados com a saúde, o diretor enfatiza que a Casa da Gestante também é um lugar que tem a marca da espiritualidade, religiosidade e o carisma de São Luís Orione.

Localizada próximo ao Hospital Dom Orione, a Casa Mãe da Divina Providência dispõe de consultório médico, cozinha, sala de TV e oito alojamentos climatizados com capacidade para acomodar 20 pessoas. As beneficiárias contam com um técnico de Enfermagem para assistência 24h por dia e alimentação no local. Durante o período que ficam na casa, as mães também recebem gratuitamente aulas de artesanato, bordado, pintura e crochê.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »