MENU

24/10/2020 às 00h00min - Atualizada em 24/10/2020 às 00h00min

Força, Cavalo de aço!

Raimundo Primeiro
Presidente Adauto Carvalho, entre o técnico Charles Guerreiro e o novo vice-presidente do Imperatriz, Wagner Ayres, observados por Antônio Torres (conselheiro) e Nildo Pereira, novo auxiliar técnico do time - Foto: Raimundo Primeiro
Mudanças no Imperatriz. Confirmação de que a Diretoria deseja garantir a presença do Cavalo de Aço no Campeonato Brasileiro Série C.

Apresentados na manhã de terça-feira (20/10), durante coletiva de imprensa, Wagner Marmo de Mendonça Ayres (vice-presidente) e Charles Guerreiro (técnico) reafirmaram que colocarão em prática trabalho no sentido de fazer com que o time não caia. Ocorra justamente o oposto: avance! 

Uma das novidades, por exemplo, o meio-campo Valderly Araújo, 26 anos, já “vestiu” a camisa do clube. O jogador atuava no Ji-Paraná (Rondônia). Araújo, como é mais conhecido o atleta, interagiu com jornalistas, diretores e o público, mostrando o clima de otimismo que reina na “Toca do Cavalo”.

O que esperar de Charles Guerreiro? 

Determinação [e ele mostrou possuir, durante a conversa com os jornalistas], montando um time aguerrido, ou seja, efetivamente competitivo, andando justamente na contramão do técnico anterior, mostrando que, por meio de trabalho e união, os resultados aparecerão.

Charles Guerreiro atuou em grandes equipes, mostrando talento, principalmente quando esteve no Flamengo. 

Nas “mãos”, Charles Guerreiro tem o Imperatriz, cabendo a ele, portanto, definir estratégias que garantam um Cavalo lutador, aguerrido, bravo, no melhor sentido da expressão.

A fala do presidente Adauto Carvalho também motivou. Idem, o pensamento do vice-presidente Wagner Ayres, sobretudo quando ele afirma longínqua parceria com o técnico Charles Guerreiro, conhecendo o quão ele é capaz do ponto de vista profissional, montando um time que não se deixe abater, indo para cima dos adversários, mostrando a sua força.

Enfim, fazer o Cavalo de Aço relinchar, com a torcida vibrando.

Parafraseando o jornalista Armando Nogueira: “bola é magia, bola é movimento. Brinquedo mágico que se submete suavemente à vontade do homem”.

Os brasileiros são loucos por futebol. Os imperatrizenses também, acrescentando a paixão pelo Cavalo de Aço. 

O presidente Adauto Carvalho confia, acredita... Sim, um novo Cavalo de Aço, tal qual a Fênix, pode surgir, fazendo vir à tona o que a torcida gosta de olhar – gols e vitórias, enfim, resultados, títulos.

Prova cabal de que a torcida participa: as várias vezes que o Frei Epifânio superlotou, recebendo público recorde.

Ah, que o Cavalo de Aço relinche diante da partida contra o Remo, em Belém (Pará), neste sábado, 24 de outubro, a partir das 19h.
Por hoje é só!...

Aquele abraço, torcida cavalina!
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...