MENU

22/07/2022 às 19h34min - Atualizada em 22/07/2022 às 19h34min

“Nenhum outro político fez tanto pela cidade e a região”

Os 73 anos do ex-senador e ex-deputado federal serão comemorados “com meus amigos”, em Imperatriz; a O PROGRESSO, ele faz uma espécie de ‘radiografia’ de sua vida pública

Raimundo Primeiro
Especial para O PROGRESSO
Chiquinho Escórcio: amor por Imperatriz - Foto: Divulgação
 
O ex-suplente de senador, ex-senador e ex-deputado federal, Francisco Luiz Escórcio Lima, mais conhecido por Francisco Escórcio, aniversariou na segunda-feira, 18 de julho.

Natural de São Luís (Maranhão), Chiquinho Escórcio completou 73 anos. Ele nasceu em 1949. A festa será entre familiares e amigos – aqui em Imperatriz. Uma programação vai acontecer, a partir do meio-dia deste sábado, 23, na “Confraria do Olímpio”, localizada na rua Frei Manoel Procópio, Beira-Rio, “onde a história de nossa cidade teve início, quando aqui desembarcou o frei Manoel Procópio do Coração de Maria, fundador do Município, começando uma missão de sucesso, escrita por pessoas vindas de diversos lugares”.

Em entrevista a O PROGRESSO, na tarde de quinta-feira, 21, Chiquinho Escórcio fez um balanço de sua trajetória, informando que tudo começou em 1974, “quando conheci [e entrei] para a Família de Alba Leide”.

Desde então, Chiquinho Escórcio passou a visitar, a rotineiramente, a cidade, “vindo, quase todos os anos, a Imperatriz e a Itaguatins, no Tocantins”, lembra, emocionado, ressaltando, a propósito, que todos os esforços valeram a pena. “Nada foi em vão, pois os resultados trouxeram expressivas melhorias para a nossa população”.

Como tudo começou...
Em 1986, Chiquinho Escórcio coordenou, em nível estadual, a campanha eleitoral para o segundo mandato do então senador Alexandre Costa. Na época, o interventor estadual na Prefeitura de Imperatriz era o engenheiro mecânico e ex-deputado federal Antônio Rodrigues Bayma Júnior, natural de Caxias (Maranhão). “O conheci aqui, ficamos amigos”, conta.

Na gestão do senador Alexandre Costa, no cargo de ministro da Integração Regional, em 1992, durante o governo do ex-presidente da República Itamar Franco, Chiquinho Escórcio foi assessor especial, assumindo, logo em seguida, a Secretaria Executiva do Ministério, em Brasília (DF).

“Enviei muitos recursos para a região, principalmente Imperatriz e Açailândia”, lembra, acrescentando que foram verbas oriundas da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), autarquia vinculada ao Ministério da Integração Nacional. “Recursos destinados ao incremento das atividades industriais e empresariais, fundamentais para os setores”, reforça.

Para Imperatriz, durante a administração do ex-prefeito Renato Cortez Moreira, foram enviadas verbas para serviços de drenagem profunda, no bairro Bacuri; aquisição de equipamentos mecânicos para o Serviço de Coleta de Lixo, da Secretaria de Infraestrutura do Município (Sinfra); asfaltamento e construção de pontes, na Estrada do Arroz, na zona rural.
Chiquinho Escórcio foi o responsável, também, pela implantação do Sistema de Telefonia Celular em Imperatriz, quando, na época, o advogado Antônio Torres era o secretário de Desenvolvimento Econômico do Município (Sedec).

Chiquinho Escórcio articulou – e trouxe para Imperatriz – a 1ª Reunião da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), evento que contou a participação de todos os governadores da região jurisdicionada pela pasta. “Um feito inédito, ocorrido fora de uma capital”, lembra.
 Ao assumir o cargo de senador, Chiquinho Escórcio contribuiu significativamente com o processo de instalação da Faculdade de Imperatriz, apoiando o médico Antônio Leite, diretor-presidente da instituição superior de ensino. 

Foi homenageado, com o auditório da Facimp recebendo o nome de Chiquinho Escórcio. “Uma grande emoção”, afirma, acrescentando que “o feito” resultou na criação do Polo de Educação Superior da Região Tocantina. 

No âmbito da saúde, segundo ele, recursos foram destinados para obras de reforma, da hoje, Unidade de Saúde Milton Lopes, situada no bairro Bacuri, uma das maiores e mais bem estruturadas da cidade.

Fruto dos pleitos feitos por Chiquinho Escórcio, foi consolidado o projeto de instalação da Faculdade de Açailândia. “Minhas preocupações sempre foram com saúde, educação, infraestrutura e o ser humano”, pontua.

“Fui um determinado coordenador, lá na Câmara Federal. Hoje, a população lembra, de quem lutou – e de quem foi opositor –, ajudando as instituições de Imperatriz e de São Luís”, pondera.

“O povo ainda lembra”
O Socorrão era o único hospital de alta complexidade assistido pelo Sistema Único de Saúde (Sus) na região
Tocantina, recebendo pessoas de vários municípios e, inclusive, de outros estados, caso do Tocantins, por exemplo.

O prefeito Sebastião Madeira, na época, filiado ao PSDB, era contrário ao Governo Federal, do PT, com o qual mantinha “catastrófica” relação.

Todas as ações do Socorrão estavam comprometidas, entre as quais o fornecimento de medicamentos, alimentação; salários de servidores atrasados, com o hospital municipal chegando a ser fechado.

“Foi quando entrou em ação o deputado federal Chiquinho Escórcio, buscando solucionar os diversos problemas e, por meio do Governo Federal, conseguiu uma emenda de R$ 35 milhões de reais, repassados da seguinte forma: R$ 10 milhões, em caráter emergencial; R$ 5 milhões, mensalmente, até a conclusão do valor liberado”.

“Hoje, o valor conseguido por Chiquinho Escórcio, aproxima-se de R$ 80 milhões de reais.

Chiquinho Escórcio conseguiu ampliar o Serviço de Hemodiálise de Imperatriz e implantar o de Açailândia.

A chegada do Corpo de Bombeiros Militares a Imperatriz, também foi possível em razão da ação de Chiquinho Escórcio.  “Desafio qualquer deputado federal a dizer que tenha trabalho desta forma por Imperatriz, a região e o Maranhão”, complementa Chiquinho Escórcio, acrescentando que a sua luta em prol de “nossa população” vai continuar, de forma aguerrida e, sempre entusiástica, por acreditar que “melhorias dias, além de melhores condições de vida, para os nossos irmãos, são possíveis”.

Notícias Relacionadas »
Comentários »