MENU

13/07/2022 às 19h54min - Atualizada em 13/07/2022 às 19h54min

Cigano suspeito de matar agente penitenciário é morto a tiros durante confronto com a PM no Maranhão

Eliado da Silva era suspeito de ter assassinado a tiros o agente penitenciário Uesli Sousa Roland

Assessoria-PM-MA
Uesli Sousa Roland era muito querido em Santa Helena, onde morava - Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal
 
Um homem, identificado como Eliado da Silva, foi morto a tiros durante um confronto com policiais militares na noite de terça-feira (12) em Governador Nunes Freire, cidade localizada, a 578 km de Imperatriz, na região oeste do Maranhão.

Segundo a Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), o homem, que seria cigano, é suspeito de ter assassinado o auxiliar penitenciário Uesli Sousa Roland, de 27 anos. O crime aconteceu em março deste ano em Santa Helena, cidade localizada próximo a São Luis.

Ele tinha um mandado de prisão aberto contra o suspeito. A polícia tomou conhecimento após uma denúncia de que, ele e mais três pessoas, estavam em Governador Nunes Freire e tinham o objetivo de praticar assaltos.

A PM foi até o local e conseguiu prender três suspeitos. Durante a abordagem, Eliado da Silva trocou tiros com os policiais e foi baleado. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Com ele, a polícia apreendeu uma arma de fogo. Os demais presos foram encaminhados para o Sistema Penitenciário do Maranhão.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »