MENU

22/10/2020 às 00h00min - Atualizada em 22/10/2020 às 00h00min

Comerciante é executado a tiros em bar no bairro Juçara

De acordo com familiares, Valdeci não recebia ameaças de morte e trabalhava no local há 10 anos

Dema de Oliveira
Valdeci Pereira Araújo foi executado a tiros em seu bar, no bairro Juçara - Foto: Divulgação/Whatsapp

Na noite dessa terça-feira (20), um comerciante identificado como Valdeci Pereira Araújo, de 54 anos, foi morto com quatro tiros em Imperatriz.

A vítima estava no seu bar, sentado de costas para rua, quando foi alvejado por indivíduos não identificados em um veículo. Um deles desceu e atirou a queima roupa contra o comerciante.

O homem morreu na hora e uma pessoa foi atingida com um tiro de raspão no braço.

A polícia iniciou uma investigação, mas ainda não há indícios da identidade do acusado e motivação do crime. De acordo com familiares, Valdeci não recebia ameaças de morte e trabalhava no local há 10 anos.

O delegado Praxisteles Martins, titular da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), informou a O PROGRESSO que as investigações já estão em andamento, mas até o momento ainda não sabia qual a motivação do crime. “A vítima, Valdeci Pereira Araújo, foi atingida por disparos na noite de ontem (terça-feira). Trata-se de um crime de execução, ainda não se sabe o motivo, está sendo apurado ainda. Testemunhas estão sendo ouvidas. O objetivo nesse primeiro momento é saber o que teria motivado o crime e, na sequência, esclarecer a autoria do fato”, disse.

A vítima foi atingida por dois disparos de pistola 380, sendo que de acordo com a perícia, um na nuca e outro na cabeça. Vários tiros foram disparados, mas apenas dois atingiram a vítima. Os autores foram dois homens que chegaram ao local em um carro.

Com mais esse crime, chegaram a dez homicídios nesse mês de outubro e noventa e oito de janeiro até ontem.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...