MENU

03/06/2022 às 19h26min - Atualizada em 03/06/2022 às 19h26min

Empresário é vítima de latrocínio na Vila Cafeteira

Edivaldo Laia Costa, 26 anos, reagiu a assalto e foi atingido com um tiro

Dema de Oliveira
Jornal O PROGRESSO
Carlos Daniel Almeida, bandido de alta periculosidade, foi preso - Fotos: Divulgação/Redes Sociais
 
Um crime de latrocínio (roubo seguido de morte) foi registrado no início da tarde desta sexta-feira (3), na Rua Brasil, Vila Cafeteira, em Imperatriz.

A vítima foi o empresário Edivaldo Laia Costa, 26 anos, que era proprietário de uma loja de venda e consertos de celulares, localizada na Rua Brasil, Vila Cafeteira. 

O empresário foi surpreendido por dois bandidos. Enquanto um entrou na loja, armado com um revólver calibre 38, o outro denominado pela polícia como ‘piloto de fuga’, ficou do lado de fora com a motocicleta ligada.

O bandido anunciou que era um assalto, ocasião que o empresário Edivaldo Laia Costa reagiu e entrou em luta corporal com o bandido, que fez três disparos. Um acertou a vítima, que acabou morrendo. Edivaldo veio a óbito em via pública, já que se agarrou com o bandido.

 O ‘piloto de fuga’, vendo que a situação estava difícil, fugiu, enquanto o seu comparsa foi pego por populares e espancado. O Sargento Corrêa, da Força Tática (FT) do 14º BPM, que estava de folga, chegou e assumiu a ocorrência e prendeu Carlos Daniel Almeida do Nascimento Soares, 22 anos, que já tem inúmeras passagens pela polícia e uma ficha criminal intensa. Ele estava preso justamente por roubo qualificado, mas foi colocado em liberdade. Trata-se de um bandido perigoso, e ainda teve a audácia de dizer que atirou por descuido. Segundo o perito criminal Décio, apenas um tiro acertou Edivaldo, o suficiente para matá-lo, mas no revólver usado no crime apreendido pela Polícia Militar, tinha três estojos deflagrados.

Policiais da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) estão investigando o caso, à procura do ‘piloto de fuga’, que já foi identificado. Esse foi o primeiro homicídio de junho e o de número 50 do ano.

Notícias Relacionadas »
Comentários »