MENU

26/05/2022 às 22h52min - Atualizada em 26/05/2022 às 22h52min

PRF apreende carga de biscoito “recheada” com drogas

Entorpecente estava escondido dentro das caixas de forma a tentar dissimular a fiscalização

Da Redação
Imprensa/PRF
Foto: Assessoria/PRF
 
Na manhã desta quarta-feira (25), a Polícia Rodoviária Federal realizava fiscalização na Unidade Operacional de Poconé, na BR 070, quando deu ordem de parada a uma carreta que seguia sentido Cuiabá.

Durante a fiscalização, foi solicitado que o condutor manobrasse o veículo de forma a colocá-lo em uma posição que não atrapalhasse os demais usuários da rodovia e também ficasse de forma segura, porém ele apresentou grande dificuldade em realizar tais manobras para estacionar o veículo, o que demonstra não ser característico de motoristas profissionais.

Ao ser questionado sobre a viagem, o motorista declarou que levaria o caminhão a pedido de uma pessoa a qual ele não conhece pessoalmente. O veículo seria levado para o estado do Rio Grande do Norte e entregue para um terceiro que compraria o semirreboque, o qual também não sabia do valor. Afirmou ainda, que não tinha certeza se voltaria para casa, não sabia informar praticamente nada sobre a viagem.

Indagado sobre a carga, informou ser uma carga de biscoito água e sal em caixas, alegando ter acompanhado o carregamento de tudo e que tinha até um vídeo de dentro da fábrica. Entretanto, ele não sabia informar o peso da carga e a nota fiscal apresentada possuía indícios de adulteração, fatos que geraram suspeita.

Diante das informações, foi realizada uma verificação minuciosa no veículo e na carga. Ao retirarem algumas caixas do caminhão, os policiais notaram que havia diferença de peso entre algumas, umas mais pesadas que outras. Em vista disso, abriram as caixas e no interior delas foram encontrados mais de 400 tabletes de drogas, estavam escondidos embaixo dos pacotes de biscoito.

Perguntado sobre o ilícito, o condutor do veículo disse que havia carregado a mercadoria em uma fábrica no Rio Branco/AC com destino a Parnamirim/RN e que seu patrão solicitou que deixasse as carretas em um depósito de sua propriedade durante o final de semana. Relatou ainda que não conhece o contratante pessoalmente, apenas por conversa via aplicativo de mensagem.

Ao total foram apreendidos 468 kg de cocaína, o condutor foi detido, a princípio, pelo crime de tráfico de drogas e encaminhado à Delegacia da Polícia Federal de Cuiabá.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »