MENU

21/05/2022 às 20h48min - Atualizada em 21/05/2022 às 20h48min

Idoso condenado a sete anos de prisão por matar sobrinho de procurador de justiça do Maranhão é preso pela Polícia Civil em São Miguel do Tocantins.

Homem permaneceu foragido durante mais de oito anos, mas foi preso após se mudar para o Tocantins.

Rogério de Oliveira
Homem estava foragido há mais de oito anos - Foto: DICOM SSP/TO
   
Policiais Civis da 16ª Delegacia de São Miguel do Tocantins, coordenados pelo delegado Antônio Bandeira, efetuaram, na manhã desta sexta-feira, 20, em São Miguel do Tocantins, a prisão de um idoso de 66 anos, que é foragido da Justiça do Estado do Maranhão, onde possui condenação pelo crime de homicídio. 

De acordo com autoridade policial, os investigadores da 16ª DP levantam informações de que um homem condenado por homicídio estava residindo em São Miguel, há cerca de um mês. “De imediato, iniciamos as buscas e com apoio da Polícia Militar, localizamos o homem em uma residência na cidade de São Miguel, onde efetuamos a prisão do mesmo, em cumprimento a mandado de prisão, proveniente da Comarca de São Luis do Maranhão”, disse o delegado. 
 
O crime

Segundo o apurado pela PC-TO, no ano de 2002, em São Luís, o idoso teria assassinado a tiros, a vítima, Leonardo Gonçalves Ferrão Coelho, que era sobrinho do procurador da justiça José Argolo Ferrão Coelho. Posteriormente, ele foi preso e levado a julgamento em duas oportunidades, sendo que, em 2014, ele foi condenado a uma pena de mais de sete anos de prisão. 

“Ocorre que antes de dar início ao cumprimento da sentença, que inicialmente era no regime semiaberto, o homem fugiu e não foi mais localizado, motivo pelo qual passou a ser considerado foragido da justiça e teve a prisão decretada”, ressaltou o delegado Antônio Bandeira.  

O foragido adentrou no Tocantins e se estabeleceu em São Miguel, há apenas um mês, quando foi localizado pela Polícia Civil. Preso, ele foi conduzido até a Central de Atendimento da Polícia Civil em Araguatins, e após a realização dos procedimentos legais cabíveis, foi recolhido à Cadeia Pública local, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário da Comarca de São Luís do Maranhão, cidade para onde deve ser recambiado a fim de dar início ao cumprimento da pena a qual foi condenado.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »