MENU

18/05/2022 às 19h21min - Atualizada em 18/05/2022 às 19h21min

Fapema apresenta investimentos do Governo do Estado para o fomento da pesquisa no Maranhão, na Agrobalsas

SECOM/MA
Arena de Inovação e Empreendedorismo na Agrobalsas - Foto: Divulgação
 
A Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) participa, até sexta-feira (20), da Agrobalsas. No maior evento de agronegócio do Maranhão, o Governo do Estado se faz presente com estandes onde estão sendo ofertadas várias ações de diferentes secretarias. 

O espaço da Fundação está localizado na Arena de Inovação e Empreendedorismo, onde estão também Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e demais órgãos do Sistema S. 

No espaço da Fapema, os visitantes poderão saber mais sobre as linhas de financiamento da instituição que deve investir, este ano, recursos superiores a R$ 50 milhões. A meta é que sejam lançados mais de 40 editais até dezembro. 

Na abertura dos trabalhos, na segunda-feira (16), o governador Carlos Brandão visitou o estande da instituição e recebeu do presidente da Fundação, André Santos, um kit Científico. Durante a visita, o governador reforçou o compromisso de continuar apoiando projetos de ciência, tecnologia e inovação por entender que esse é um investimento que tem impacto positivo na vida das pessoas, na melhoria dos indicadores sociais do estado e no desenvolvimento do Maranhão. Na ocasião, ele fez a entrega, para o município de Balsas, de um kit de robótica para Maratoninha Maker, projeto da Secti que possibilita o ensino de robótica nas escolas.

“Aqui temos quase oito secretarias ocupando esses espaços, abrindo os nossos serviços, mostrando para a sociedade que o Governo do Estado está disponível para prestar conta e para informar à população as ações que estamos colocando em prática”, afirmou Carlos Brandão.

A Fapema é a maior agência de fomento do Maranhão e figura entre as maiores do Brasil pela atenção que tem dado à pesquisa, sendo uma das que mais investe, proporcionalmente, nesta área. Ao levar as informações sobre suas ações para o interior do Estado, o intuito é garantir que mais pesquisadores de fora de São Luís participem dos editais da Fundação. 

Quem visitar o estande vai poder tirar dúvidas sobre como submeter projetos e obter financiamento para desenvolver seus trabalhos, empresas (startups) e ideias inovadoras. No local, também são exibidos vídeos de pesquisas apoiadas pela Fapema e expostos livros publicados com o financiamento da instituição de fomento à pesquisa do Maranhão. 

Também está prevista tarde de autógrafos com autores de alguns desses livros e sorteio de kits Científicos. Nesta quinta-feira (19), a professora doutora Francidalma Carvalho Filho estará às 17h no espaço, lançando o livro “Transtorno do Espectro Autista: uma parte de mim, não o todo – o acompanhamento psicossocioeducacional e em saúde”. 

Como parte da programação da Fapema, durante a Agrobalsas, também consta reunião com a comunidade científica. Na tarde de segunda-feira, o presidente da Fundação, André Santos, promoveu reunião com a participação de pesquisadores de diferentes instituições de ensino superior da cidade. 

“Essa é uma região importante, com grande potencial e que temos buscado, por orientação do governador Carlos Brandão, incentivar a participação de pesquisadores locais nos editais lançados pela Fundação. Nesse sentido, estivemos em Balsas, em novembro do ano passado, para ouvir dos pesquisadores quais os editais eles gostariam que fossem lançados em 2022 e, durante a Agrobalsas, estaremos apresentando o Plano de Trabalho da Fapema, para este ano, com todas as chamadas que serão lançadas até dezembro”, informou André Santos. 

As pesquisas apoiadas pela Fapema contemplam projetos em todas as áreas do conhecimento. Este ano, o Plano de Trabalho da instituição tem como tema “Inovação como Vetor para o Desenvolvimento Científico do Maranhão”. O Plano está sustentado em quatro pilares – Mais Ciência, Mais Inovação, Mais Qualificado e Popularização da Ciência.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »